O PRIMEIRO DEUS

       HISTÓRIA        

Caos (em grego: Χάος, transl.: Cháos), na mitologia grega segundo Hesíodo, o primeiro deus primordial a surgir no universo, portanto a mais velha das formas de consciência divina. A natureza divina de Caos é de difícil entendimento, devido às mudanças que a ideia de "caos" sofreu com o passar das épocas.

Seu nome deriva do verbo grego khaínô (χαίνω), que significa "separar", "ser amplo", significando o espaço vazio primordial. Também poderia ser chamado de Aer (Αηρ), que significa "ar" ou de Anapnoe (Αναπνοη), que significa "respirar".

O poeta romano Ovídio foi o primeiro a atribuir a noção de desordem e confusão à divindade Caos. Todavia, Caos seria para os gregos o contrário de Eros. Tanto Caos como os seus irmãos são forças geradoras do universo. Caos parece ser uma força catabólica, que gera por meio da cisão, assim como os organismos mais primitivos estudados pela biologia, enquanto Eros é uma força de junção e união. Caos significa algo como "corte", "rachadura", "cisão" ou ainda "separação".

 

     FILHOS DE CAOS      

Aparência: Os filhos de Caos não possuem nenhum traço físico marcante, afinal, são filhos de um deus que não possui uma forma física permanente, sendo um ser não-corpóreo. A aparência de seus filhos é variante.

 

Personalidade: Como esperado, suas personalidades são um tanto caóticas, seus pensamentos podem variar de momento a momento. Em geral não socializam com outros campistas, apesar dos boatos de que estão sempre pensando em sua próxima vítima.

         HABILIDADES       

Habilidades Passivas

 

Potencial Infinito

 

Pelo fato de ser o primeiro ser da existência no universo grego e a origem da existência dos posteriores, a prole de caos por consequência tem mais energia que os demais semi-deuses, semi-titãs e etc.

 

Nível 1: Seu potencial é de 200%, enquanto de um semideus comum 100%.

 

Velocidade Aprimorada

 

As proles de Caos possuem um corpo extremamente perfeito dentre os padrões sobre humanos, obtendo também uma boa velocidade.

 

Nível 1-10: Alcança 900 km/h, além de dar saltos de até 100 metros.

 

Nível 11-25: Alcança 1800 km/h, além de dar saltos de até 200 metros.

 

Nível 26-35: Alcança 2700 km/h, além de dar saltos de até 300 metros.

 

Nível 36-50: Alcança 3600 km/h, além de dar saltos de até 400 metros.

 

Nível 51-99: Alcança 4500 km/h, além de dar saltos de até 500 metros.

 

Nível 100-150: Alcança 5400 km/h, além de dar saltos de até 600 metros.

 

Nível 151-200: Alcança 6300 km/h, além de dar saltos de até 700 metros.

 

Nível 201-250: Alcança 7200 km/h, além de dar saltos de até 800 metros.

 

Nível 251-300: alcança 8100 km/h, além de dar saltos de até 900 metros.

 

Força Aprimorada

 

Os filhos de Caos herdam uma grande força física superior aos demais meios sangue.

Nível 1-10: Conseguem destruir casas e madeira.

 

Nível 11-25: Conseguem destruir quarteirões e ferro.

 

Nível 26-35: Conseguem destruir cidades facilmente e aço.

 

Nível 36-50: Conseguem destruir estados inteiros e titânio.

Nível 51-99: Conseguem destruir país inteiras e diamante.

Nível 100-150: Conseguem destruir um países inteiro e adamantium.

Nível 151-200: Conseguem destruir continentes e vibranium.

Nível 201-250: Conseguem destruir um planeta inteiro e ferro divino.

 

Caos Mental

 

O universo ou até mesmo a própria existência sempre tende ao mais puro caos, tanto que o primeiro ser a existir fora a personificação de tal fenômeno, logo suas criações ganham a capacidade de simplesmente por estar em determinado lugar e tais capacidades permitem o mesmo causar distorções caóticas a sua volta, tanto no campo físico quanto no campo da própria psíque, fazendo com que poderes mentais não tenham efeito na presença da prole pelo fato de tal plano estar uma bagunça total e completamente distorcido.

 

Nível 50: A Criação de Caos adquire a capacidade de causar distorções frequentes não só no campo físico mas sim no campo psíquico ao seu redor, podendo neutralizar alguns poderes mentais apenas por estar no local gerando ondas anti-psíquicas em um raio de 10m. A criação repele poderes mentais de seres com poder/nível inferior ou igual, podendo impedir o uso da telecinese, pré-cognição e de oiutros poderes psico-mentais nesta área de dez metros.

Crescimento Caótico 

 

Ao estar em ambientes caso qualquer tipo de caos esteja acontecendo o mesmo irá ter seus atributos físicos ampliados.

 

Nível 1-30: Inicialmente suas capacidades serão ampliadas quando em tal ambiente em até 0,5 vezes.

 

Nível 31-60: Agora com uma capacidade maior irá ser ampliada em até 2 vezes suas capacidades físicas.

 

Nível 61-90: em um nível maior agora poderá até mesmo multiplicar suas capacidades físicas em 3 vezes.

 

Nível 91-120: Quando em um ambiente caótico neste nível poderá até mesmo ampliar suas capacidades físicas em 4 vezes.

 

Nível 121-150: Sendo agora superior neste quesito, poderá até mesmo multiplicar suas capacidades físicas em até 5 vezes.

 

Nível 151-200: Suas capacidades físicas neste nível poderão ser multiplicadas em até 6 vezes.

 

Nível 201-250: Já poderão multiplicar suas capacidades físicas em 7 vezes neste nível.

 

Nível 251-300: Em seu ápice suas capacidades físicas quando em tal ambiente serão multiplicadas em 8 vezes.

HABILIDADES ATIVAS

Indução ao caos. 

 

A criação é capaz de trazer os aspectos de um apocalipse, o fim do mundo tal como o conhecemos, ou um evento que tenha um grande impacto na sociedade como um todo. Tais eventos variam de um grande colapso da civilização à extinção da vida humana, ou da destruição do planeta Terra à aniquilação de todo o universo. O usuário pode controlar vários fatores que podem destruir mundos, como desastres naturais, doenças, conflitos globais e a destruição total. O usuário pode até ganhar seguidores dos atos que o referido usuário realiza. Esse poder pode ser o resultado de uma utilização negativa da Criação de Profecia, podendo criar profecias de destruição e até ganhar seguidores com isso, sempre ficando TOTALMENTE esgotado após gerar o caos, sendo tal poder uma vertente da manipulação caótica. ​

 

Nível 200: A criação simplesmente consegue induzir destruição a nível apocalíptico em qualquer lugar, sendo que apenas a sua presença é capaz de criar terremotos, incidentes naturais e destruições em massa, resultando em mortes ao acaso. A prole consegue usar sua manipulação de probabilidade a nível perfeito, podendo tornar todas as probabilidades do Apocalipse normalmente descrito com 100% de chance de eficácia, sendo que pode até causar a destruição de uma cidade inteira apenas com a sua presença quando estiver com raiva. 

 

Nível 250: Pode induzir o caos a um ponto mais avançado, podendo até induzir o fim de espécies não divinas como todos conhecem, podendo não só gerar destruições e apocalipses para seres inferiores, mas sim para seres em escalas planetários, podendo causar leves deformações no tecido da realidade, podendo desorganizar o tecido desta não tendo controle algum sob tal efeito, logo a criação pode fundir de forma violenta continentes causando aniquilações em massa em questão de segundos.

Fisiologia Caótica.

 

A criação de caos pode entrar na forma verdadeira, que distorce a visão do alvo, tornando-se um ser assimétrico que desafia e despreza as regras da natureza e do universo como nós conhecemos. Em muitos casos, mortais e seres abaixo do seu nível não compreendem sua verdadeira forma, entrando em estado de pânico e desespero mental e podendo ser interpretadas de maneira diferente por diferentes indivíduos, com diferentes grupos ou espécies criando uma ilusão coletiva de suas formas. Essas interpretações podem variar desde o incomum e não-natural até o aterrorizante e incognoscível. É raro, mas não inédito, que a presença de tal ser possa beneficiar o universo em que "isso" atualmente habita. Além disso, esses seres possuem mentes também incognoscíveis e pensamentos que são tão estranhos quanto eles próprios e geralmente não seguem os padrões de moralidade como os seres humanos entendem, sendo quase sempre classificados como amorais (apesar de que alguns realmente podem ser malignos, mas a maioria apenas não liga para o que acontece com a humanidade).

Nível 50-100: A criação, ao entrar em suas verdadeira forma, sua mente se torna tão insana, caótica e fragmentada para outros seres que se torna simplesmente indecifrável, sendo assim quaisquer ataques mentais que visem como alvo a mente da criação não será efetivo fora que o ser que efetuou tal façanha terá sua mente corrompida e eventualmente destruída se não tiver grandes capacidades mentais, entrando em um lapso mental completo depois de algumas rodadas, além de possuir o Amorfismo, a criação desta forma é absolutamente única, não podendo ser replicadas/clonadas, ter seus poderes e imitados, mas podendo ser imitados por metamorfos ou ilusionistas ou mesmo imitar sua voz, a escrita, as habilidades e/os movimentos delas, entre outras coisas. 

 

Nível 101-150: A criação têm a capacidade de induzir a loucura incognoscível de olhar para elas em sua forma verdadeira, podendo fazer até semi-primordiais gregos entrarem em estado de choque temporário e hesitar caso tente atacar a criação, tendo, não só o respeito, mas o temor perante a criação caso seja um ser com afiliações ao caos e a destruição.

 

Nível 151-200: Se tornam similar a seres que surgiram no início e no final dos tempos. Uma forma de existência pertencente ao fim e ao início de todas as coisas, assim como seu criador. Essas entidades vieram a ser no momento em que todas as coisas deixaram de ser, podendo manipular energia estranhas que inexistem no universo atual e tem efeitos totalmente misteriosos. Quaisquer regras que eles seguem estão além de nosso entendimento, assim como os motivos que eles podem ter para qualquer uma de suas ações.

 

Observação: Tal habilidade possui o tempo de duração de três turnos.

Manipulação Cosmo-Caótica.

 

Caos foi aquele que veio do nada, do vazio, aquele que deu origem aos primeiros seres, aquele que originou diretamente o cosmo, logo suas proles podem controlar a energia cósmica, a energia que roda todo o universo, a energia de maior pureza existente, no entanto, sua energia mantém o equilíbrio universal e mantém o estado constante de caos em toda a existência, logo sua energia cósmica e diferente das outras, sendo sempre agressiva e levando tudo ao caos ou até mesmo ao nada.

 

Nível 1-50: Neste nível a prole de caos consegue manipular os cosmos de forma simples, podendo corromper quaisquer ataques energéticos com o caos, fazendo-o voltar contra aquele que o usou e manipular a energia escura.

 

Nível 51-100: Agora com um aumento de seu controle, consegue devolver ataques inimigos até com o dobro de sua força, criar rajadas cósmicas desintegradoras e até mesmo através de tal energia manifestar uma espada negra que é capaz de cortar o próprio espaço e formar portais.

 

Nível 101-150: Com um controle agora perfeito sobre o cosmo-caos, pode devolver tanto ataques energéticos e uma aura caótica cósmica que pode ser manifestada e suas rajadas cósmicas se tornam mais potentes, sendo capazes de rasgar o próprio espaço-tempo e viajar através deste, corromper ataques que visem a mente e então desfaze-los, ou até mesmo os sentimentos da prole devolvendo-os ao usuário deste e anular ataques os quais visem os 6 elementos fundamentais, sendo estes fogo, água, ar, terra, escuridão e luz antes mesmo de serem usados.

 

Nível 151-200: Agora tem o controle superficial sobre a matéria e a anti-matéria podendo moldar objetos com tal energia, consegue corromper a manipulação inimiga agora sobre as leis fundamentais do universo, como espaço, tempo e realidade, mas somente se forem seres de nível/poder inferior, sendo que a espada antes citada ganha a propriedade da anti-materia anulando qualquer matéria que a lâmina desta entrar em contato, ou seja, desintegrando-a.

 

Nível 201-250: Seu controle da matéria e anti-materia se torna praticamente perfeito podendo usá-la a seu bel prazer, pode anular completamente ataques temporais, de realidade e temporais de seres inferiores em nível ou poder, assim como pode usar a energia cósmica caótica em si mesmo desta vez, porém graças a energia ser própria, não irá ter um efeito negativo, muito pelo contrário, irá aumentar seus atributos físicos em 5 vezes por 5 rodadas.

 

Nível 251-300: Neste nível conseguirá uma armadura cosmo-caótica que irá bufar seu estado físico durante 3 rodadas (3 vezes por evento) para que a prole consiga de forma instantânea multiplicar suas capacidades em 5 vezes no primeiro turno da armadura, no segundo em 7 e no terceiro em 10 vezes, sendo que a mesma e inquebrável e deforma o próprio espaço a sua volta, inutilizando poderes que visem controlar tanto o tempo do usuário desta quanto a matéria deste. Neste nível a habilidade passa a afetar imunes.

Manipulação Caótica.

 

É a habilidade de controlar as probabilidades causando acontecimentos estranhos. Por exemplo: explodir e levitar objetos, emitir raios, derreter ou movimentar coisas, criar chamas ou mau funcionamento de poderes. E controlar outros poderes, independente de qual seja. A manipulação do caos é a capacidade de certos indivíduos de controlar o Caos, fundamentalmente diferente de outras divindades existentes. Ou seja, o poder sobre desarmonia, confusão, desordem e destruição em suas formas mais puras e vívidas. Sendo Caos oposto à Ordem, podendo estar relacionado à inexistência (estado do universo antes da instauração da Ordem), mas representa uma forma destrutiva pura, caótica e suprema de tudo, ou também a mistura de tudo, num estado de plena desordem. Em outras palavras, o Caos puro. Caos é o conceito abstrato que se baseia nas forças caóticas, forças de destruição e afins, sendo por si só o efeito de destruição absoluta, a plena alteração das leis básicas da Realidade, o estado completo de indiscutível loucura e de aleatoriedade. Nada faz sentido se falando do Caos.

 

Nível 1-50:   A prole de caos tem a capacidade de controlar o Caos alheio, podendo até criar reações em cadeia como, caso fique estressado, tem a capacidade de fazer canos estourarem, cadeiras e objetos menores levitarem, praticamente sem controle, podendo causar a levitação aleatória de vários objetos ao redor sem tanto controle, podendo ao concentrar energia em um único ponto destruir vários objetos ao mesmo tempo, podendo destruir vidraças e desfragmentar objetos em sua direção, pode aumentar sua manipulação de probabilidade  a níveis maiores que suas habilidades comuns, podendo criar surtos de sorte ou azar repentinos, sendo todas as suas ações uma forma de loucura e insanidade, a prole de Caos é totalmente imprevisível, causando em seus alvos uma sensação de desconforto apenas por estar próximo a prole e qualquer manipulador mental, independente da força, irá entrar em estado de loucura ao tentar decifrar o caos da prole.

 

Nível 51-100: Consegue criar sequências capazes de fazer objetos eletrônicos pararem de funcionar, conseguem focar em um objeto e fazer uma pequena manipulação de átomos, podendo desorganizar os mesmos de certos materiais e explodir objetos com o contato físico ou pelo contato dos seus fios, seus poderes começam a afetar outros seres vivos, a princípio consegue desorganizar o sistema nervoso de outro ser e embaralhando seus movimentos ou até mesmo pará-los por alguns segundos, causando um pane geral no seu cérebro usando sua hiper capacidade cerebral, podendo controlar certas formas de energia do caos sem dificuldades.

 

Nível 101-150: A energia caótica pode começar a reorganizar seus pensamentos, desorganizando suas mentes utilizando auras de energia caótica, e com o devido treino o caos interno da prole de Caos começa a ser liberado com mais força, conseguindo desestabilizar os átomos de qualquer objeto, sendo necessário tempo para os de maior porte, precisa de contato físico através de suas mãos para objetos maiores e para outros apenas uma distância de até 10 metros.

 

Nível 151-200: Consegue fazer seus alvos terem a cabeça totalmente distorcida, podendo desestabilizar alvos maiores e até seres vivos utilizando sua mente, podendo fazer membros se desfazerem quando entram em contato com suas mãos ou até fazer seres mais simples (humanos e animais não divinos) simplesmente explodirem a sua vontade, manipulando a força caótica o suficiente para deixar seres em estado de loucura temporária, podendo até fazer objetos terem suas moléculas vibradas ou paradas através de energia, podendo fazer objetos entrarem em combustão ou congelarem quase ao zero absoluto.

 

Nível 201-250: Consegue manipular a energia caótica a um ponto onde pode alterar códigos genéticos e desfazer mutações de DNA, permitindo a prole anular metamorfos e poderes miméticos, consegue destruir qualquer objeto e espalhar e dissipar qualquer energia num raio de 10 metros. Sua influência no Caos é tanta que sua manipulação de probabilidade chega a níveis globais, podendo fazer uma cidade inteira entrarem em colapso com sequências de eventos naturais, prédios desabando e até estradas se destroçando do nada.

 

Criação Paradoxal

 

Uma das manifestações da alteração da realidade  e do Caos é a criação Paradoxal; a criação de um conceito impossível e que desafia todas as leis estabelecidas pelo seu universo residente. Uma existência controversa que não pode se manter na realidade por muito tempo se torna um Paradoxo, como buracos infinitamente grandes, algo de dimensão e tempo eternos ou infinitos e quebras das Leis mais concretas que existem no nosso universo habitual.

Nível 100: A Criação de Caos é capaz de criar uma situação Paradoxal ou um objeto Paradoxal por evento, que consegue residir nesta realidade por apenas um turno antes que a própria existência o devore para ela continuar existindo. 

 

Nível 200: É capaz de criar duas situações Paradoxais ou objetos Paradoxais por evento, se mantendo por apenas duas rodadas antes que a próprias existência os devore.

 

Nível 300: Pode criar até três situações Paradoxais ou objetos Paradoxais, que se mantém por até três rodadas antes da Ordem fazer ele voltar ao seu estado de entropia.  

 

Ps: O gasto de energia sempre é tão extenso que, mesmo podendo usar duas vezes, a criação pode demorar dias para poder utilizar o poder novamente.

Big-Ba