top of page

DEUS DO VAZIO 

        HISTÓRIA        

Caos (em grego: Χάος, transl.: Cháos), na mitologia grega segundo Hesíodo, o primeiro deus primordial a surgir no universo, portanto a mais velha das formas de consciência divina. A natureza divina de Caos é de difícil entendimento, devido às mudanças que a ideia de "caos" sofreu com o passar das épocas.

Seu nome deriva do verbo grego khaínô (χαίνω), que significa "separar", "ser amplo", significando o espaço vazio primordial. Também poderia ser chamado de Aer (Αηρ), que significa "ar" ou de Anapnoe (Αναπνοη), que significa "respirar".

O poeta romano Ovídio foi o primeiro a atribuir a noção de desordem e confusão à divindade Caos. Todavia, Caos seria para os gregos o contrário de Eros. Tanto Caos como os seus irmãos são forças geradoras do universo. Caos parece ser uma força catabólica, que gera por meio da cisão, assim como os organismos mais primitivos estudados pela biologia, enquanto Eros é uma força de junção e união. Caos significa algo como "corte", "rachadura", "cisão" ou ainda "separação".

 

      FILHOS DE CAOS      

Aparência: Os filhos de Caos não possuem nenhum traço físico marcante, afinal, são filhos de um deus que não possui uma forma física permanente, sendo um ser não-corpóreo. A aparência de seus filhos é variante.

 

Personalidade: Como esperado, suas personalidades são um tanto caóticas, seus pensamentos podem variar de momento a momento. Em geral não socializam com outros campistas, apesar dos boatos de que estão sempre pensando em sua próxima vítima.

         HABILIDADES       

Habilidades Passivas



 

Fisiologia Divina

 

Sendo descendentes do primeiro deus grego nascido, naturalmente seus atributos físicos são extremamente maiores se comparados aos de outros indivíduos.

 

Nível 1-10: Inicialmente possuem apenas a velocidade de viagem de quinze (15) mach e a de combate dois (2) mach, tal como um corpo capaz de resistir assim como golpear até mesmo ao peso de algumas toneladas. Já começam com uma baixa resistência contra energias físicas.

 

Nível 11-25: Sua velocidade de viagem passa a ser de trinta (30) mach e a de combate quatro (4) mach, possuindo um corpo capaz de resistir ao peso de uma casa. Além disso, possuem um físico resistente a alterações abruptas no clima, mesmo que muito fraca, conseguindo sobreviver em espaços com pouco oxigênio, como por exemplo.

 

Nível 26-35: Atingem agora a velocidade de quarenta e cinco (45) mach na velocidade de viagem e a de combate seis (6) mach, sendo capazes de resistir através de seu corpo ao peso de um quarteirão, também conseguindo realizar golpes com o peso de uma casa. Adquirem média resistência contra energias físicas.

 

Nível 36-50: Agora conseguem atingir os sessenta (60) mach na velocidade de viagem e a de combate de oito (8) mach, obtendo assim um corpo capaz de resistir ao peso de vários quarteirões, entretanto, também tornam-se capaz de golpear com o peso de um quarteirão. 

 

Nível 51-100: Sua velocidade de viagem passa a ser de setenta e cinco (75) mach e a de combate dez (10) mach, obtendo em conjunto um corpo capaz de resistir ao peso de uma cidade, no entanto, neste nível também se tornam capazes de golpear com o peso de vários quarteirões. Adquirem alta resistência contra energias físicas.

 

Nível 101-150: Ao atingirem este patamar, sua velocidade de viagem torna-se de noventa (90) mach e a de combate doze (12) mach, sendo que seu corpo agora é capaz de resistir ao peso de um país, assim como seus golpes tornam-se fortes o suficiente para apresentarem o peso de uma cidade. Adquirem imunidade contra energias físicas.

 

Nível 151-200: Sua velocidade de viagem passa a atingir os cento e cinco (105) mach e a de combate quatorze (14) mach, sendo que seu corpo agora é capaz de resistir ao peso de um grande país, assim como sua força torna-se o suficiente para exercer o peso de um país. 

 

Nível 201-250: Sua velocidade de viagem passa a ser de cento e vinte (120) mach e a de combate dezesseis (16) mach, sendo que seu corpo agora é capaz de resistir de um continente, assim como seus golpes são capazes de exercer o peso de um país grande. 

 

Nível 251-300: Sua velocidade de viagem passa a ser de cento e trinta e cinco (135) mach e a de combate apenas dezoito (18) mach, sendo que seu corpo agora é capaz de resistir ao peso multicontinental, assim como seus golpes exercem o peso de um continente. Adquirem imunidade contra controle interno e controle da matéria.


 

Autoconsciência

 

Sendo descendentes de Caos, o primeiro dos seres a surgir mediante a mitologia grega, naturalmente acabam herdando um dos traços mais marcantes de seu pai. Quando existia, somente ele vivia, e a partir de si mesmo ele originou os demais deuses primordiais que descendiam de sua forma amorfa, o fazendo devido ao grandioso controle que tinha sobre sua própria existência e natureza, assim, os seus descendentes naturalmente possuem um certo grau de consciência sobre tudo o que ocorre em seu ser.

 

Nível 01-10: Para começar, é importante deixar claro que desde já a habilidade age com base em sua velocidade de reação, apesar de seus efeitos iniciais não serem realmente tão absurdos. Já começa a melhorar a consciência do usuário em relação ao seu próprio corpo, mas neste caso se limitando ao aspecto de sua “propriocepção”, o que acaba amplificando o senso de equilíbrio do usuário, seja pelo posicionamento dos membros ou centro de equilíbrio, tornando extremamente difícil a missão de derrubar/desequilibrar estes sujeitos, já que quase sempre que estão caindo eles se provam capazes de se recuperar de desequilíbrios momentâneos quase instantaneamente, se equilibrando praticamente em qualquer posição, ajustando-a (sua posição) por instinto, o que lhes permite equilibrar-se perfeitamente em qualquer objeto, por menor que seja, estreito ou instável..

 

Nível 11-25: Por ser uma evolução leve da nivelação anterior para esta, naturalmente as melhorias ganhas acabam sendo limitadas a um aspecto ainda ligado com sua propriocepção, que no caso acaba sendo mais relativo a sua coordenação motora. Isso basicamente os torna incapazes de serem desajeitados e atrapalhados, nunca tropeçando ou cambaleando naturalmente, ou seja, só caem quando um agente externo age sobre seu corpo, apesar disso não lhe impedir de cair de pé. Isso também os permite recuperar o equilíbrio ou se levantar rapidamente e mostrar feitos como atirar com uma arma, atirar uma faca ou lutar em ângulos e posições aparentemente impossíveis. Basicamente, podem controlar seus movimentos e músculos com grande precisão, movendo os dedos de pé e da mão sem esforço, sem que a tensão dos tendões seja um problema, por exemplo.

 

Nível 26-35: Sua habilidade melhora consideravelmente, mas agora largando o conceito de propriocepção para partir para outro âmbito. Se tornam conscientes dos processos naturais que estão constantemente ocorrendo em seus órgãos, apesar de que sua mente faz com que estes fiquem sendo observados em “segundo plano”, de modo que não afete negativamente o próprio usuário. Por fim, isso permite que saibam quando algo começa a dar errado em algum de seus órgãos, apesar de não necessariamente saber o que seria ou em qual deles seria, dado o baixo grau de maestria que possuem com tal poder. 

 

Nível 36-50: Mais uma melhoria em sua habilidade, onde agora se tornam ainda mais conscientes de seu próprio corpo, mas não sendo nada demais, apenas uma melhoria direto daquilo que teriam recebido por essa mesma habilidade na direção anterior. Basicamente, agora por meio de sua percepção de seus órgãos, não só irão estar lhes observando, como agora poderão detectar a região em que algo está começando a dar errado, sabendo especificamente em que órgão está começando a ter problemas, apesar de não necessariamente saber o que está ocorrendo. 

 

Nível 51-100: Agora a habilidade passa a receber grandes saltos em suas capacidades  através da obtenção de novas nivelações, começando com a obtenção de uma maior precisão naquilo que teriam anteriormente. Sua maestria é tamanha que acabam se tornando capazes não só de localizar em quais órgãos a tal anormalidade está ocorrendo, como também detectar o que exatamente ela está causando em seus órgãos.

 

Nível 101-150: Neste nível sua autopercepção alcança um nível ainda maior, onde percebem não só seus órgãos, mas todas as células que ainda estejam naturalmente ligadas aos seus meios de detecção sensorial oriundos do cérebro/mente. Isso acaba elevando o nível daquilo que pode ser percebido pela sua consciência, onde basicamente qualquer alteração em seu ser pode ser percebida, mesmo que em nível celular.

 

Nível 151-200: Mais uma melhoria, mas agora a sua habilidade se eleva consideravelmente, com estes sujeitos tornando-se capazes de detectar não só suas células, mas também as próprias moléculas que acabam por formar o seu corpo, desde que elas ainda estejam unidas ao seu corpo principal. Isso acaba permitindo com que tenham alguma reação quando alguma coisa ocorre não só em sua matéria biológica, mas também em sua própria estrutura molecular, o que acaba lhes dando a possibilidade de fazer algo quando estiverem contra oponentes mais difíceis, 

 

Nível 201-250: Próximos ao auge da habilidade, ela passa a demonstrar uma capacidade que supera o que mostra ser capaz de fazer anteriormente, já que agora sua percepção passa a abranger sua alma (enquanto ela habitar seu corpo), sentindo-a e por meio de sua capacidade cognitiva que alcança o seu corpo espiritual, acabam também podendo chegar a saber quando algum dano ou anormalidade ocorre em sua alma, da mesma forma que sabe quando algo assim ocorre com seu corpo material.

 

Nível 251-300: Uma vez que alcançam o auge da habilidade, se tornam capazes de abranger até mesmo seu corpo mental com a habilidade, isto é, sentindo sua própria mente até certo ponto de forma praticamente “tátil”, o que lhes permite saber quando alguma anormalidade passa a afetar seus pensamentos conscientes e capacidades cognitivas. 


 

Filhos do Caos

 

Segundo os gregos, antes da criação do mundo, tudo estava contido em Caos e nada poderia existir antes dele, representando o período universal onde nada existia, pois tudo nele estava contido. Devido a isso, os descendentes do primeiro deus grego acabam tendo um poder existente em seu ser que lhes torna diferentes em certos aspectos, estando ancorado com seu estado realístico “perfeito”, onde sempre retornará a ele por meio de uma distorção realística inata. Mas importante lembrar que, essa habilidade não permite recuperar energia já gasta. Válido ressaltar que isso ocorre uma vez que o usuário consiga perceber que algo está errado.

 

Nível 01-30: Inicialmente a habilidade não possui grandes capacidades, apenas se revelando quando sofre um dano físico externo e superficial, com sua existência logo retornando para o estado onde não haveriam tais danos, mas precisando aguardar mais oito dias em off para poder reutilizar esse poder.

 

Nível 31-60: Agora a habilidade sofre uma melhoria considerável, não ocorrendo redução em seu tempo de recarga, mas sim na capacidade de ancoragem, que simplesmente acaba evoluindo para até danos maiores, como a própria amputação de membros não vitais de seu corpo, fazendo com que sua existência retorne para seu estado perfeito. 

 

Nível 61-90: Por fim, agora até mesmo danos internos são capazes de gatilhar o retorno ao seu estado perfeito, seja um órgão ferido, ossos fraturados ou mesmo algo em seu sangue. Precisam aguardar mais sete dias em off para poder reutilizar esse poder.

 

Nível 91-120: Evoluindo, agora a habilidade pode ser engatilhada por qualquer alteração ocorrida em seu corpo biológico, fazendo com que seu ser logo retorne ao estado perfeito.

 

Nível 121-150: Evoluindo consideravelmente, agora a habilidade pode ser engatilhada não só por alterações no seu corpo biológico ou danos físicos recebidos, como também qualquer alteração em seu corpo material, apesar de ainda existir a restrição básica que a própria habilidade possui, que claro, é o fato de ser necessário perceber isso. Precisam aguardar mais seis dias em off para poder reutilizar esse poder.

 

Nível 151-200: Sua habilidade é extremamente poderosa, onde agora os gatilhos podem ser em outras coisas, como um dano espiritual que o usuário venha a perceber, que no caso acaba sendo muito característico por ser uma dor muito além do que é alcançável pelo corpo, e claro, uma vez que o gatilho seja alcançado, sua existência (corpo e espírito) retornando ao estado de perfeição. Precisam aguardar mais cinco dias em off para poder reutilizar esse poder.

 

Nível 201-250: Próximos ao auge, a habilidade passa a poder agir mesmo quando ocorre alguma alteração ou manipulação em sua alma, que claro, se percebida a tempo pelo usuário, fará com que sua existência seja alterada para o estado de perfeição, novamente unida ao que normalmente é. Precisam aguardar mais quatro dias em off para poder reutilizar esse poder.

 

Nível 251-300: No auge da habilidade, não só espírito e corpo estão sob o alcance, mas também a mente, onde uma vez que a mente do usuário seja distorcida ou sofra algum dano, caso ele seja capaz de perceber isso, simplesmente irá ser induzido ao seu estado de perfeição por meio da distorção da realidade que a habilidade causa. Precisam aguardar mais três dias em off para poder reutilizar esse poder.

 

Obs: Lembrando, a habilidade só se mostra quando percebe que algo mudou em si.


 

Ancoragem à Realidade 

 

Segundo os gregos, antes da criação do mundo, tudo estava contido em Caos e nada poderia existir antes dele, representando o período universal onde nada existia, pois tudo nele estava contido. Devido a isso, os descendentes do primeiro deus grego acabam tendo um poder existente em seu ser que lhes torna diferentes em certos aspectos, alheios a determinados aspectos da realidade.

 

Nível 01-30: Inicialmente a habilidade não concede grandes efeitos aos seus usuários, apenas fazendo destes seres portadores de uma baixa resistência contra poderes espaciais.

 

Nível 31-60: Agora adquirem uma média resistência contra poderes espaciais.

 

Nível 61-90: Por fim, adquirem uma alta resistência contra poderes espaciais, assim como uma baixa resistência contra poderes temporais.

 

Nível 91-120: Se tornam imunes a poderes espaciais, assim como adquirem uma média resistência contra poderes temporais.

 

Nível 121-150: Por fim, adquirem uma alta resistência contra poderes temporais, assim como já demonstram uma baixa resistência contra alteração da realidade.

 

Nível 151-200: Adquirem imunidade contra poderes temporais, assim como uma média resistência contra alteração da realidade.

 

Nível 201-250: Próximos ao auge de seu poder, possuem uma alta resistência contra alteração da realidade. 

 

Nível 251-300: No auge de seu poder, se tornam completamente imunes à alteração da realidade.


 

Caos

 

Mesmo que parecidos, os panteões grego e romano não representavam as exatas mesmas coisas, como divindades diferentes, mas ainda similares, e que neste universo divergem até mesmo em origem. “Muitas Divindades”, é o que este título significa, representando o poder da primeira e mais poderosa deusa de seu panteão, e que por isso seus filhos carregam consigo frações dos poderes de muitas das divindades do panteão romano.

 

Nível 300: Este poder confere nada mais, nada menos do que a capacidade de utilizar constantemente dos poderes dos seres da aba do panteão caos, porém, apenas poderes ativos e que tenham nível de uso igual ou inferior ao duzentos (200). Não são capazes de utilizar dos poderes dos filhos de Chronos, Calígena, Phanes, Physis & Ofíon.



 

Habilidades Ativas

 

 

Controle Material

  

Sendo descendentes de Caos, aquele de onde supostamente toda a matéria surgiu inicialmente por nele estar contida e condensada, naturalmente possuirão a capacidade de controlar a matéria.

 

Nível 01-10: Suas proezas quanto a manipular o mundo material é completamente escassa, conseguindo a usar somente como uma "telecinese", efetivamente conseguindo movimentar objetos com o peso de seu corpo, assim como exercer uma pressão equivalente a esse peso. Limitado a apenas a matéria inorgânica, sendo também somente capaz de usar de uma "porção" ÚNICA de massa. Só consegue se manter ativa por dois (2) turnos, necessitando de mais (2) para descansar e o utilizar novamente. Além disso, esse objeto em específico pode ser movido a cerca de cinco (5) mach. O alcance dela também é restrito a apenas vinte e cinco (25) metros.

 

Nível 11-25: Suas proezas nessa habilidade se tornam um pouco mais pronunciadas, conseguindo levantar uma porção considerável de matéria inorgânica, atingindo a grandiosa marca de dez (10) toneladas, assim como também conseguem exercer uma pressão equivalente a esse peso. Seu alcance também é expandido, alcançando os cinquenta (50) metros. Além disso, a velocidade alcança os dez (10) mach.

 

Nível 26-35: O alcance agora foi estendido para os 75 metros e a sua "telecinese" também começa a levantar o peso de vários quarteirões, podendo assim exercer uma pressão equivalente a esse peso. A velocidade atingida através dela também chega até aos quinze (15) mach. Neste estágio ela também o permite detectar a matéria sobre seu controle, conseguindo ver através dela. Além disso, obtém uma compreensão detalhada da matéria que está "sentindo", naturalmente obtendo o conhecimento de sua composição superficial, como exemplo, sabendo que a porção que controla é composta de rochas e musgos.

 

Nível 36-50: Neste nível, ela já torna-se suficientemente poderosa, conseguindo alterar algumas propriedades da matéria em um estado pífio, mas relativamente útil, sendo limitada apenas a capacidade de deixar ela elástica e dúctil. Além disto, devido a experiência adquirida, a capacidade de moldar a matéria inorgânica do jeito que desejar se tornou possível. A velocidade também se fortaleceu, sendo agora trinta (30) mach. O alcance também chega aos 100 metros.

 

Nível 51-100: Sua "telecinese" passa a ter a velocidade de até trinta e cinco (35) mach, aumentando seu alcance para duzentos (200) metros, assim como elevar o peso de uma grande cidade assim como matéria inorgânica. 

 

Nível 101-150: Suas proezas nesta habilidade se intensificam ainda mais, obtendo uma velocidade de até setenta (70) mach. A área de seu alcance se expande até ser suficiente chegar aos quatrocentos (400) metros, assim como o peso elevado torna-se similar a de uma grande montanha, conseguindo por consequência controlar a matéria inorgânica com a mesma massa desta. Além disso, a pressão exercida pela telecinese é a mesma que pode ser elevada. Neste nível, acaba por perder a limitação de "porção" única e sendo capaz de usufruir da matéria inorgânica de maneira mais complexa, seja o dividindo em várias partes ou somente em uma única parte, mas apenas deste modo.

 

Nível 151-200: Ao se aproximar do auge, agora conseguem alterar as propriedades da maneira mais vasta, o que inclui a capacidade de a tornar mais dura ou frágil, assim como também conseguem fazer a matéria transitar entre os vários estados que ela possui, sendo limitada a matéria inorgânica. Sua velocidade também atinge até os setenta e cinco (75) mach, tendo o alcance vastamente aumentado e assim chegando aos  2 km, assim como o peso de um país e a capacidade de usar pressão equivalente a de um país.

 

Nível 201-250: Muito próximos ao ápice, a velocidade de seu controle alcança até mesmo os cento e cinquenta (150) mach, conseguindo controlar o peso de um grande país juntamente com uma pressão equivalente com sua telecinese, assim como o alcance se eleva a 4km. Seu poder de conhecimento também avança, detectando todas as moléculas presentes na matéria a qual controla, sabendo exatamente o que a constitui e a mantém, conseguindo "ver" o mundo através dela, compartilhando sua "visão" com a matéria na qual detém controle. 

 

Nível 251-300: Em seu estágio final, possuem uma velocidade de magníficos duzentos (200) mach, e o alcance de 6 km, assim como também pode exercer o peso de um continente e uma pressão equivalente. Neste nível, sua "telecinese" consegue afetar diretamente a matéria orgânica, conseguindo projetar sua pressão ou para simplesmente erguer ela.

 

  • Transmutação da Matéria: Obtém a capacidade de reconstruir, moldar, transmutar e fundir a matéria conforme seus desejos. Além disto, este poder é limitado, podendo apenas o usar em uma área de trinta (30) metros ao seu redor, necessitando que seus sentidos o captem ou que ao menos tenha conhecimento prévio de sua "composição". Uma vez a uma semana.


 

Auto-Fissão

 

É dito que todas as coisas nasceram a partir de Khaos, em um processo em que ele executava uma fissão a partir dele mesmo naquele momento, então obviamente os seus descendentes acabam herdando essa capacidade.

 

Nível 01-10: Inicialmente essa habilidade possui um efeito simplório, onde serão capazes de separar um membro de seu corpo e o movimentar pelo espaço de uma forma tão natural quanto “um andar” (afinal, sua passiva Autoconsciência permanece agindo perfeitamente), com este “suspenso no ar” e se locomovendo na velocidade de viagem/voo do usuário. Infelizmente isso inicialmente só pode ser feito com um membro por vez, sendo um braço ou perna, e claro, não causa danos ao usuário. Para desfazer a habilidade, basta que o membro seja colocado de volta no seu local original.

 

Nível 11-25: A habilidade evolui, onde agora acabam capazes de separar até dois membros de seu corpo, seguindo as demais restrições.

 

Nível 26-35: Passa a poder separar até três membros de seu corpo simultaneamente. 

 

Nível 36-50: Por fim, pode separar todos os braços e pernas de seu corpo normalmente, sem efeitos negativos por isso, deixando o restante de seu corpo a flutuar no espaço.

 

Nível 51-100: Agora a habilidade passa a evoluir de uma forma consideravelmente alta entre cada nivelação, o que se prova agora mesmo. Se tornam capazes de fragmentar seu corpo parcial ou totalmente, assim como lhe movimentar pelo espaço da mesma forma que fora citado nas nivelações anteriores, remontando seu corpo por meio disto.

 

Nível 101-150: Mais uma evolução dessa habilidade, porém, agora ela passará a demonstrar um efeito distinto, onde poderá induzir uma fissão de sua existência de modo que ocasione, resultando na criação de um clone do usuário que tem todas as suas capacidades, agindo de forma independente por até três rodadas, apesar de consumir a mesma fonte de energia do original, e também tendo o fato de que caso o original seja destruído, ele também desaparecerá. Uma vez que o clone desapareça, só poderá reutilizar essa capacidade após 12 dias em off.

 

Nível 151-200: Essa nivelação acaba sendo uma evolução direta da anterior, onde o clone criado pela fissão existencial pode durar por até quatro rodadas, podendo reutilizar essa capacidade após 10 dias em off. Porém, agora haverá uma certa característica, onde se uma dessas suas duas partes de si vier a ser destruída ou apagada, sua existência passará a continuar a partir da outra, apesar de que isso fará com que perca a capacidade de utilizar essa habilidade durante 26 dias em off.

 

Nível 201-250: Agora que estão próximos do auge deste poder, passarão a conseguir induzir a fissão de seu próprio ser em nível celular, expelindo uma célula ou conjunto de células em específico.

 

Nível 251-300: Uma vez que alcançam o auge deste poder, acabam conseguindo fissionar seu próprio ser em nível molecular, fazendo isto parcialmente ou totalmente. Além disso, podem fazer a fissão da energia dentro de seu ser, fazendo isto também em nível molecular. 


 

Anulação de Potências 

 

Segundo os gregos, antes da criação do mundo, tudo estava contido em Caos e nada poderia existir antes dele, representando o período universal onde nada existia, pois tudo nele estava contido. Devido a isso, os descendentes do primeiro deus grego acabam sendo capazes de anular a presença de poderes.

 

Nível 01-30: Inicialmente a habilidade só pode ser utilizada a partir de suas mãos, e somente naqueles poderes que o usuário conseguir tocar, mas uma vez que tenha sucesso em executar este contato, o poder será anulado, desde que a potência deste seja de nível equivalente ou inferior a um pequeno país. A habilidade precisa de mais quatro rodadas para poder ser reutilizada.

 

Nível 31-60: A habilidade passa a precisar de apenas três rodadas para ser reutilizada.

 

Nível 61-90: Sua habilidade agora sofre uma melhoria considerável, onde não é mais necessário utilizar exclusivamente de suas mãos para utilizar esse poder, mas sim qualquer região de seu corpo, ou mesmo por ele como um todo.

 

Nível 91-120: Sua habilidade passa a precisar de apenas duas rodadas para poder ser reutilizada.

 

Nível 121-150: Sua habilidade sofre uma melhoria ainda mais considerável, onde poderá ser ativada em todo o seu corpo e colocada em “stand-by” por até duas rodadas consecutivas, o que lhe permite simplesmente anular o efeito da primeira habilidade que tenha sucesso em influenciar seu físico neste momento, entretanto, agora não se limitando a coisas que entrem em contato, mas sim a qualquer intervenção em seu meio físico. Quanto ao tempo de recarga da habilidade, ele surge uma vez que a anulação realmente venha a ser efetivada, ou quando o tempo do “stand-by” acabar, passando a contar a partir daquele momento. 

 

Nível 151-200: Mais uma vez a sua habilidade sofre uma melhoria, onde a sua capacidade anulatória pode ser aplicada não por seu corpo, mas diretamente em um poder que esteja no alcance de seus meios sensoriais.

 

Nível 201-250: Próximos ao auge de seu poder, ele passa a permitir a anulação de poderes ativos atuantes em algo que entre em contato ou que veja, nulificando efeitos atuantes em algo ou alguém por meio deste poder.

 

Nível 251-300: Uma vez no auge de seu poder, a maestria é tamanha que acabarão se tornando capazes de anular até mesmo habilidades mentais e espirituais, claro, ainda restrito para os meios de uso da própria habilidade. Sua habilidade se torna quase absoluta, isto é, funcionando até mesmo em poderes quase absolutos. 


 

Theosgonia

 

Segundo os gregos, antes da criação do mundo, tudo estava contido em Caos e nada poderia existir antes dele, representando o período universal onde nada existia, pois tudo nele estava contido. Além disso, Caos era um ser divino que se reproduzia a partir da cisão, ou seja, retirando partes de si. Devido a isso, os descendentes do primeiro deus grego acabam a capacidade de unir seus próprios poderes perfeitamente, afinal, tudo no Caos estava contido.

 

Nível 01-30: Inicialmente a habilidade só pode ser utilizada após dois gatilhos serem utilizados, primeiramente, deve-se utilizar duas manifestações extracorporais materiais (seja de matéria ou energia física), mantendo uma em cada mão, até que aproxime a palma de ambas as mãos, o que ocasiona na fusão de tais manifestações, unindo suas propriedades em uma só manifestação, apesar de que neste momento ela não receberá os atributos de ambas, conservando o valor maior. Bom, pela baixa maestria que possuem com essa habilidade, a “nova manifestação” deve ser liberada naquela mesma rodada, precisando aguardar mais cinco rodadas para poder usar essa habilidade novamente.

 

Nível 31-60: Com uma melhoria baixa sobre o que são capazes de fazer com tal habilidade, o tempo de recarga para voltarem a utilizar tal poder após um uso acaba sendo reduzido para apenas quatro rodadas. 

 

Nível 61-90: Mais uma melhoria direta daquilo que eram capazes de fazer na nivelação anterior, onde após fazerem o uso da habilidade, precisarão aguardar somente três rodadas para voltarem a poder lhe usar.

 

Nível 91-120: Por fim, neste nível realmente ocorre um salto nas capacidades, onde ao unir duas manifestações, ocorrerá uma fusão não só de suas propriedades, mas também da velocidade que ambas possuíam de forma antes isolada. Entretanto, são apenas essas as melhorias.

 

Nível 121-150: Mais uma melhoria nessa habilidade, onde agora são capazes de induzir a fusão em qualquer matéria e energia que é capaz de manifestar (não mais limitado para matéria e energias físicas), apesar de ainda estar sob a necessidade de inicialmente criar cada manifestação em cada uma de suas mãos as duas manifestações que pretende fundir.

 

Nível 151-200: Por fim, neste nível adquirem várias melhorias, começando pelo fato de que uma vez que usem tal habilidade, precisarão aguardar somente duas rodadas para poder lhe utilizar novamente. A habilidade passa a poder ser utilizada em qualquer habilidade relativa a manifestação de coisas no plano material.

 

Nível 201-250: Próximos do auge da habilidade, o processo anteriormente necessário é desfeito, afinal, quando utilizada, essa habilidade acaba já manifestando a fusão das habilidades que seu usuário desejava unir, não mais necessário a questão de as manifestar em mãos e só então fundir. Além disso, a habilidade criada pela fusão também pode ser manifestada em uma distância de até 50m de si.

 

Nível 251-300: Uma vez no auge da habilidade, ela permite fundir não só dois, mas até três poderes, sendo que agora a habilidade criada pela fusão pode ser manifestada em uma distância de até 70m de si. 

 

Obs: Obviamente só são capazes de fundir suas próprias habilidades.


 

Manifestação do Éter 

 

Segundo os gregos antigos, existiam não quatro, mas cinco elementos primordiais, sendo eles fogo, água, terra, ar, e claro, o éter, o quinto elemento, normalmente reconhecido como toda a energia existente na realidade, ou simplesmente chamado de quintessência. 

 

Nível 01-50: Capacidade de perceber a presença e a energia do éter em seu entorno, mas com pouca habilidade para manipulá-lo de forma significativa, o que acaba já sendo o suficiente para lhes permitir manifestar matéria física a partir de seu corpo, modelando a matéria criada enquanto ela estiver em contato com seu corpo. Já possuem potencial de ataque no nível de um quarteirão e velocidade de ataque de 50 mach.

 

Nível 51-100: Acabam já possuindo potencial de ataque no nível de múltiplos quarteirões e velocidade de ataque de 100 mach. 

 

Nível 101-150: Capacidade aprimorada de controlar o éter, já possuindo potencial de ataque no nível de um de grande cidade e velocidade de ataque de 150 mach. Neste nível acabam se tornando capazes de manifestar energias físicas a partir de seu próprio corpo, projetando-as em determinadas direções.

 

Nível 151-200: Domínio médio sobre o éter, já possuindo potencial de ataque de nível montanha e velocidade de ataque de 200 mach. Por meio disto, agora se tornam capazes também de reviver/recriar seres, sendo que uma vez que o faça, só poderá trazer um ser de volta após 20 dias em off.

 

Nível 201-250: Controle avançado do éter, permitindo manipulações precisas e poderosas, mas já possuindo potencial de ataque no nível de um pequeno país e velocidade de ataque de 250 mach. A habilidade acaba passando a permitir mais coisas, onde serão capazes de ampliar ou diminuir a força da gravidade em uma área de até 50m de distância de si, seja focada em um corpo específico ou realmente algo em área. 

 

Nível 251-300: Maestria total sobre o éter, possibilitando feitos extraordinários, mas com a habilidade já possuindo potencial de ataque no nível continental e velocidade de ataque de 300 mach. Neste ponto se tornam capazes de manipular energias físicas e modelar matéria através do contato físico, mas não só isso, pois também influenciam a gravidade em uma área de 100m, assim como possuem a capacidade de ampliar/diminuir distâncias espaciais (coisas que inicialmente estejam a no máximo 50m de distância), o que ocorre em 2% SOL.


 

Forma Divina-Protogenoi

 

A transformação faz com que sejam agraciados com uma pele completamente preta, possuindo olhos brancos brilhantes que se destacam neste breu que seu corpo toma como cor. A potência de ataque que adquirem nessa forma é de nível lunar, assim como a própria resistência corporal existe nesse nível, assim como a velocidade de viagem destes passa a ser de quinhentos (500) mach, enquanto a de combate é de incríveis duzentos (200) mach. Sua Anulação de Potências se torna um poder absoluto, assim como sua Manifestação do Éter torna-se quase absoluta.

 

Níveis 180-200: Dura 2 Rodadas. Uma vez usado, precisa aguardar três semanas em off para usar novamente.

 

Níveis 201-220: Dura 3 Rodadas.

 

Níveis 221-240: Dura 4 Rodadas. Uma vez usado, precisa aguardar duas semanas em off para usar novamente.

 

Níveis 241-260: Dura 5 Rodadas. 

 

Níveis 260-280: Dura 6 Rodadas. Uma vez usado, precisa aguardar uma semana em off para usar novamente.

 

Obs: Quando atingem o nível 400 passam a acessar seus semi absolutos e absolutos fora da forma, e ao alcançar o nível 600 terão acesso a todas as capacidades que teriam na transformação, mesmo sem ativá-la.

         PRESENTES DE RECLAMAÇÃO      

Colar universal

Por Caos ser o primordial dos gregos, sua prole recebe um colar que é capaz de se transformar em qualquer presente de reclamação de todos os semi-deuses gregos, este que não poderá ser usado contra nenhum semi-deus, somente contra monstros, deuses e todos os seres que não tenham sangue humano, ao perder o presente, ele retornará automaticamente para o pescoço do semi-primordial.

         MASCOTES       

Theosgonos

O mascote para um semideus filho de Caos seria uma criatura enigmática e mutável, refletindo a natureza imprevisível e fluida do próprio Caos.

 

Nível 01-30: No estágio inicial, o mascote aparece como sombras inquietas, se contorcendo e se movendo em formas cambiantes. Sua presença é apenas uma sugestão de sua verdadeira forma, proporcionando ao semideus uma sensação de mistério e intriga. Possui velocidade de combate e viagem respectivamente de 30 e 50 mach, assim como durabilidade e potência de nível montanha. Existe um elo telepático entre o personagem e o mascote, dessa forma o mascote sempre saberá da vontade consciente e inconsciente do usuário.

 

Nível 31-60: O mascote começa a adquirir uma silhueta mais definida, mas ainda incerta e fluida. Ele é capaz de mudar sua forma e aparência com facilidade, adaptando-se às necessidades e circunstâncias do momento. Sua presença se torna uma fonte de surpresa e adaptação constante. Possui velocidade de combate e viagem respectivamente de 60 e 100 mach, assim como durabilidade e potência de nível de grande montanha.

 

Nível 61-90: O mascote assume uma forma metamórfica mais estável, capaz de assumir uma variedade de formas e aspectos. Ele pode se transformar em criaturas diferentes, objetos inanimados ou até mesmo em forma de outros seres vivos de forma que possa usar seus poderes base (limitado a seres de poder base igual ou inferior ao seu usuário), concedendo ao semideus uma versatilidade única em suas jornadas e desafios. Possui velocidade de combate e viagem respectivamente de 90 e 150 mach, assim como durabilidade e potência de nível grande montanha.

 

Nível 91-120: O mascote desenvolve a habilidade de possuir corpos materiais, fundindo-se temporariamente até com outras formas de vida, desde que sejam físicas, mas durando até 3 turnos, precisando aguardar mais cinco rodadas para reutilizar isto, apesar de que para a possessão de coisas não vivas essa restrição não existe. Ele pode assumir o controle de seres vivos ou objetos inanimados, manipulando-os de acordo com a vontade do semideus, já que até mesmo a consciência de seres vivos é suprimida por isso, sucumbindo diante da vontade deste. Possui velocidade de combate e viagem respectivamente de 120 e 200 mach, assim como durabilidade e potência de nível ilha.

 

Nível 121-150: A possessão passa a durar até 4 rodadas, precisando de apenas mais quatro turnos para ser reutilizada. Possui velocidade de combate e viagem respectivamente de 150 e 250 mach, assim como durabilidade e potência de nível grande ilha.

 

Nível 151-200: O mascote alcança um estado de mutabilidade extrema, onde sua existência se funde com as próprias sombras. Ele pode viajar entre os reinos da luz e da escuridão, manipulando as sombras e a luz para criar ilusões holográficas poderosas e confundir os inimigos. Sua presença é uma lembrança constante da instabilidade do universo e das infinitas possibilidades que residem dentro do Caos, ou seja, mesmo que seja desintegrado, enquanto restar um único átomo de seu ser obscuro, ainda irá se reconstruir. Possui velocidade de combate e viagem respectivamente de 180 e 300 mach, assim como durabilidade e potência de nível país.

 

Nível 201-250: Possui velocidade de combate e viagem respectivamente de 210 e 350 mach, assim como durabilidade e potência de nível continental.

 

Nível 251-300: Sua presença é uma lembrança constante da imprevisibilidade e da beleza caótica do universo, tornando-se imprevisível para meios abaixo do quase absoluto, independente da vertente utilizada. Possui velocidade de combate e viagem respectivamente de 240 e 400 mach, assim como durabilidade e potência de nível lunar.

bottom of page