Hecate.jpg

DEUSA DA FEITIÇARIA 

          HISTÓRIA          

Hécate, também chamada de Perséia, era filha dos titãs Astéria - a noite estrelada e Perses - o deus da luxúria e da destruição, mas foi criada por Perséfone - a rainha dos infernos, onde ela vivia. Antes Hécate morava no Olimpo, mas despertou a ira de sua mãe quando roubou-lhe um pote de carmim. Ela fugiu para a terra e tornando-se impura foi levada às trevas para ser purificada. Vivendo no Hades, ela passou a presidir as cerimônias e rituais de purificação e expiação. Hécate em grego significa "a distante". 

Tinha características diferentes dos outros deuses mas Zeus atribuiu-lhe prestígio. Após a vitória dos deuses olímpicos contra os titãs, a titânomaquia, Zeus, Poseidon e Hades partilharam entre sí o universo. A Zeus coube o céu e a terra, a Poseidon coube os oceanos e Hades recebeu o mundo das trevas e dos mortos. Hécate manteve os seus domínios sobre a terra, os céus, os mares e sobre o submundo, continuando a ser honrada pelos deuses que a respeitavam e mantiveram seu poder sobre o mundo e o submundo.

Ela é representada ora com três corpos ora com um corpo e três cabeças, levando sobre a testa uma tiara com a crescente lunar, uma ou duas tochas nas mãos e serpentes enroladas em seu pescoço. Suas três faces simbolizam a virgem, a mãe e a velha senhora. Tendo o poder de olhar para três direções ao mesmo tempo, ela podia ver o destino, o passado que interferia no presente e que poderia prejudicar o futuro. As três faces passaram a simbolizar seu poder sobre o mundo subterrâneo, ajudando à deusa Perséfone a julgar os mortos.

Para os romanos era considerada Trívia - a deusa das encruzilhadas. Associada ao cipreste, Hécate se fazia acompanhar de seus cães, lobos e ovelhas negras. Por sua relação com os encantamentos, feitiços e a obscuridade, os magos e bruxas da antiga Grécia lhe faziam oferendas com cães e cordeiros negros no final de cada lua nova. Também combateu Hércules quando ele tentou enfrentar Cérbero, o cão guardião do inferno com três cabeças que sempre lhe acompanhava.

O tríplice poder de Hécate se estendia do inferno, à terra e ao mar. Ela rondava a terra nas noites da lua nova e no mar tinha seus casos de amor. Considerada uma divindade tripla: lunar, infernal e marinha, os marinheiros consideravam-na sua deusa titular e pediam-lhe que lhes assegurasse boas travessias. O próprio Zeus lhe deu o poder de conceder ou negar qualquer desejo aos mortais e aos imortais. Foi Hécate quem ajudou Deméter quando ela peregrinou pelo mundo em busca de sua filha Perséfone.

Quando Perséfone, a amada filha de Deméter foi raptada por Hades - o senhor do submundo - quando colhia flores, sua mãe perambulou em desespero por toda a Terra. Senhora dos cereais e alimento, a grande mãe Deméter mortificada pela tristeza, privou todos os seres de alimento. Nada nascia na terra e Hécate, sendo sábia e observando o que acontecia, contou a Deméter o que havia sucedido a Perséfone.

Zeus decidiu interferir e ordenou que Perséfone regressasse para junto de sua mãe, desde que não tivesse ingerido nenhum alimento nos infernos. Porém, antes de retornar, Perséfone comeu algumas sementes de romã, o fruto associado às travessias do espírito. Assim ele podia passar duas partes do ano na superficie junto da Mãe, era quando a terra florescia. Mas Perséfone devia retornar para junto de Hades uma parte, era quando a terra cessava de florescer.

Hécate espalhava sua benevolência para os homens, concedendo graças a quem as pedia. Dava prosperidade material, o dom da eloquência na política, a vitória nas batalhas e nos jogos. Proporcionava peixe abundante aos pescadores e fazia prosperar ou definhar o gado. Seus privilégios se estendiam a todos os campos e era invocada como a deusa que nutria a juventude, protetora das crianças, enfermeira e curandeira de jovens e mulheres.

Acreditava-se que ela aparecia nas noites de Lua Nova com sua horrível matilha diante dos viajantes que cruzavam as estradas. Ela era considerada a deusa da magia e da noite em suas vertentes mais terríveis e obscuras. Com seu poder de encantamento, também enviava os terrores noturnos e espectros para atormentar os mortais. Frequentava as encruzilhadas, os cemitérios e locais de crimes e orgias, tornando-se assim a senhora dos ritos e da magia negra. Senhora dos portões entre o mundo dos vivos e o mundo subterrâneo das sombras, Hécate é a condutora de almas e as Lâmpades, ninfas do Subterrâneo, são suas companheiras. 

Com Eetes, Hécate gerou a feiticeira Circe - a deusa da noite que se tornou uma famosa feiticeira com imenso poder da alquimía. Segundo a lenda, a filha de Hécate elaborava venenos, poções mágicas e podia transformar os homens em animais. Vivendo em um palácio cheio de artifícios na Ilha Ea ou Eana, no litoral da Italia, Circe se tornou a deusa da Lua Nova ou Lua Negra, sendo relacionada à morte horrenda, à feitiçaria, maldições, vinganças, sonhos precognitivos, magia negra e aos encantamentos que ela preparava em seus grandes caldeirões.

     FILHOS DE HÉCATE     

Na maioria das vezes possuem cabelos escuros e aveludados como a noite e olhos com íris bicolor - ou seja, uma de cada cor - geralmente cores bem incomuns, tais como roxo, cinza, amarelo, laranja, vermelho e dourado, que antigamente caracterizava as bruxas.

Personalidade: Possuem uma constante expressão traiçoeira e perigosa e uma aura etérea e parecem se achar superiores. Um tanto sombrios, não tanto como os filhos de Hades, são mais humanos e enigmáticos e não se misturam com outros facilmente, e se sentem melhor sobre a luz do luar. Possuem uma característica incomum, que é a tripla personalidade, um traço herdado de sua mãe.

         HABILIDADES       

Poderes Passivos

As Três Faces

Assim como sua mãe, as próles de Hécate nascem  com 3 rostos distintos, que podem resumir sua personalidade. O primeiro rosto possui uma personalidade de uma virgem, a segunda possui a personalidade de uma mãe e a terceira a de uma velha sábia.

Nível 01-10: A prole de Hécate inicialmente é capaz de alterar sua personalidade para a de uma de seus três rostos, podendo passar por uma pessoa inocente e tímida com o rosto da virgem; podendo ser uma prole super protetora e carinhosa de personalidade forte com o rosto da mãe e como uma prole sabia e casca grossa com o rosto da velha senhora. A prole também é capaz de olhar para 3 direções ao mesmo tempo, conseguindo ver tudo perfeitamente semelhante a câmeras de vigilância a qual nada escapará de seus olhos uma vez visto.

Nível 11-25: A prole de Hecate é capaz de olhar para o passado de uma pessoa através do contato físico, conseguindo ver um ano inteiro daquela pessoa.

Nível 26-35: Já consegue ver até 3 anos do passado de uma pessoa.

Nível 36-50: Agora consegue ver o passado de várias pessoas ao mesmo tempo, usando cada rosto para uma pessoa diferente sem se sobrecarregar, além de também conseguir vislumbrar seu próprio futuro com o rosto da velha. Ela lhe permitirá ver o que acontecerá a 3 rodadas. (1 vez por combate)


Percepção Mística

Nível 01-10: O filho de Hécate consegue também sentir o mana que exala de qualquer semideus ou ser com poderes. Essa capacidade lhe permite saber quando um ataque físico, cinético, mágico ou místico será feito de qualquer local num raio de 30 metros ao redor da prole, impossibilitando assim ataques surpresas. (Somente ataques que afetem o externo da prole)

Nível 11-25: Desde o nascimento, os filhos de Hécate conseguem sentir a quilômetros de distância qualquer aura mágica, de qualquer gênero. Essa capacidade é bastante útil pois lhe serve como um aviso, te mostrando se você está a ponto de ver alguém bom ou mau. Conseguindo saber o que ele é (semideus, criatura, monstro, demônio e etc)

Nível 26-35: O filho de Hécate pode se auto localizar automaticamente sem nenhuma dificuldade (assim sabendo onde está). Usando os ventos e a terra o seu favor, o semideus poderá encontrar qualquer ser facilmente, muitas vezes sabendo também qual caminho deve ir, pois a sua mãe é a deusa dos caminhos.

Nível 36-50: É a capacidade de perceber as coisas antes que elas acontecem, como um adiantamento. É como se fosse uma forte premonição. Magicamente, o movimento de seu oponente é reproduzido em sua mente antes de acontecer, lhe dando assim o caminho certo de como se defender. (3 vezes por evento ou saga)

Poder Lunar

Hécate também sendo considerada uma Deusa da Lua, seus filhos herdam alguns poderes relacionados a esta.

Nível 01-10: Durante a noite os filhos de Hécate podem criar um grande arco prateado produzido à partir da luz lunar. Esse arco produz flechas feitas do mesmo material, que podem machucar o oponente gravemente dependendo da situação, além de congelar a parte onde a flecha lhe perfurou  (dependendo da profundidade que a flecha perfurar pode congelar interiormente). Através do brilho da lua os semideuses podem apagar a visibilidade das flechas, de maneira que os oponentes tenham mais dificuldade em desviar das mesmas.

Nível 11-25: Sobre a luz da lua, os prole de Hécate pode invocar correntes feitas de luz lunar. A prole controla essas correntes telepaticamente, sendo capaz de prender o alvo o  imobilizando e também lhe congelando, as correntes também conseguem sugar a energia da vítima a qual fortalecerá ainda mais, aumentando sua resistência e durabilidade. Ela contém o comprimento de 50m.

Nível 26-35: Contendo uma forte ligação com a lua, o prole adquiri o controle da própria gravidade de uma maneira mediana, sendo assim capaz de alterar a gravidade do local ao seu redor em um raio de 50m deixando-o pesado, leve ou até mesmo nulo, podendo também afetar apenas o seu oponente criando um campo gravitacional próximo a ele.

Nível 36-50: A prole de Hécate em períodos noturnos ou quando a luz da lua estiver mais visível, a prole será capaz de manifestar um manto lupino de coloração roxa em volta de seu corpo, a qual lhe cobrirá totalmente. O manto aumentará suas capacidades perceptivas (seus sentidos) também terá garras capazes de cortar até mesmo Vibranium, sua resistência também se elevará um pouco, obtendo um instinto animalesco. A prole irá se parecer com um lobo.

Feitiçaria e Encantamentos

A prole de Hécate é capaz de recitar encantamentos e feitiços.

 

Nível 01-10: A prole de Hécate é um novato na feitiçaria assim precisando materializar um grimório para poder recitar feitiços e encantamentos. Será necessário uma boa concentração para tais feitos. (Terá uma lista na própria aba de Hécate, seguindo seu respectivo nível)

Nível 11-25: Já conseguirá liberar novos feitiços para serem recitados, ainda necessitando do grimório  em mãos para a concretização do feitiço ou encantamento.

Nível 26-35: Já conseguirá liberar novos feitiços para serem recitados, ainda necessitando do grimório  em mãos para a concretização do feitiço ou encantamento, e não necessitará estar concentrado.

Nível 36-50: Já conseguirá recitar feitiços e encantamentos sem a necessidade de ficar segurando o grimório. Seus feitiços sairão ainda mais fortes, conseguindo fazer um feitíco que faz um pequena bola de fogo, sofrer um aumento de poder, conseguindo fazer essa bola de fogo ter o dobro do tamanho.
 

Imunidades Mágicas 

 

Nível 20: Se mostra resistente a necessidades e malefícios fisiológicas. Tendo suas necessidades fisiológicas reduzidas ao mínimo conseguindo sobreviver por semanas sem se alimentar ou dormir, também sendo imune a vírus doenças, radiações e sendo resistente a venenos e toxinas.

 

Nível 40: A prole de Hécate se mostra imune a controle e leitura de mente, além de possessão.

Nível 70: A prole de Hécate se mostra imune a maldições e rituais.

Nível 100: A prole de Hécate se mostra imune a feitiços e encantamentos.

Nível 150: A prole de Hécate se mostra imune a magia de seres com nível inferior ao seu.

 


Rituais e Maldições

Nível 50: Assim como Hécate está ligada ao lado mais negro da Magia, suas prole também estão, sabendo criar e realizar maldições e também rituais sejam eles bons, ruins, perigosos, ou obscuros. Suas maldições quando tem como alvo pessoas, criaturas semideuses e etc, necessita ter alguma parte do DNA ou um pouco da essência da alma desse ser, assim permitindo ela poder proferir suas maldições (essas maldições geralmente podem ser proferidas por meio de palavras, por meio de sacrifícios, por meio de gatilhos como assassinatos, catástrofes e entre outros meios ou condições. Suas maldições também podem ser usadas em si mesmo, podendo se beneficiar ou não com elas, as próles podem amaldiçoar lugares também como uma cidade um acampamento e entre outros exemplos, geralmente esse tipo de maldição necessita de grande poder mágico (necessita canalizar algo para poder amaldiçoar um lugar, ou estar sob influência de fortes sentimentos como a ira e fúria ou raiva extrema. Já seus rituais também necessitam ser aplicadas certas condições como o DNA de alguém ou a essência da alma, as vezes necessários alguns gatilhos ou condições, seus rituais são úteis para muitos fins podendo serem combinados com suas maldições. Os rituais podem ser de vários tipos, os de purificação (purifica sua alma, corpo e mente), corrupção (corromper alma, mente e corpo), a prole é capaz também de realizar rituais obscuros, infernais podendo invocar seres de outras dimensões através deles (necessita ter um recipiente para o invocado habitar como um recipiente temporário) seus rituais também podem ser úteis para estender sua própria vida através de um ritual onde a prole escolhe sua vítima e é capaz de possuir o corpo dela eliminando o antigo dono do corpo sendo este seu possuindo suas capacidades e as da vitima (em geral). Suas maldições e rituais não possuem fim (a prole pode citar exatamente o que a maldição ou ritual faz e como ela faz), podendo amaldiçoar alguém com a licantropia, com o vampirismo e entre outros vários feitos (suas maldições e rituais afetam seres que possuam imunidade a maldições e rituais, menos seres com nível superior ou igual ao da prole e que possua essa imunidade).


Ps: É sempre necessário a prole citar as condições do ritual (todo ritual possui condições, itens, ou metas a serem compridas). Em casos de maldições deve conter uma parte do DNA ou essência da alma  da vitima para poder realizar o ritual (ela pode recorrer a implantar bolsas de magia nas vestes ou em alguma parte do corpo de seu oponente assim não necessitando cumprir as condições para impor uma maldição em alguém). Rituais ou maldições só possuem o seu efeito permanente (até que a prole queira retirar) em sagas (sendo necessário avisar ao ministrante), caso contrário o efeito obrigatoriamente será removido no final do evento.

 


Amplificação de Poder

A prole de Hécate ao juntar suas mãos ela será capaz de materializar um rubi mágico. A prole ao canalizar o poder mágico que contém dentro desse rubi conseguirá expandir suas capacidades mágicas.

Nível 01-20: Suas capacidades mágicas aumentaram até 2x.

Nível 21-40: Suas capacidades mágicas aumentam até 3x.

 

Nível 41-60: Suas capacidades mágicas aumentam até 4x.

 

Nível 61-80: Suas capacidades mágicas aumentam até 5x.

 

Nível 81-100: Suas capacidades mágicas aumentam até 6x.

Ps: Essa habilidade dura 4 rodadas, sendo apenas 1 vez por evento ou saga.


Invocação Animalesca

A prole de Hécate esta associada a vários animais existentes no mundo selvagem, podendo pedir as estes animais favores, até mesmo controla-los ou usa-los em combate.

Nível 01-10: A prole de Hécate inicialmente pode apenas pedir favores para esses animais caninos (lobos, cachorros e etc) não podendo os invocar.

Nível 11-25: Já consegue pedir favores para animais felinos e também para répteis.

Nível 26-35: Já é capaz de pedir favores para insetos e entre outros animais livremente.

 

Nível 36-50: Agora a prole já é capaz de entender eles de uma forma melhor, podendo interagir com eles além os controlar livremente, conseguindo ver, sentir e falar através deles. Sendo capaz de transmutar seu corpo em vários animais pequenos como cobras ou aves. (3 vezes por evento ou saga)

 

Nível 51-99: Já é capaz de se transformar nesses animais, podendo assumir uma aparência diversificada, podendo ter características parciais deles.

 


Luxúria

As próles de Hécate são extremamente bonitas podendo usar isso contra seus oponentes os manipulando.

Nível 01-10: A prole de Hécate inicialmente é capaz de expelir um pequeno perfume de seu corpo, a qual afeta a percepção de todos aqueles que sentirem a fragrância. Esse perfume entra dentro da vítima a fazendo sentir desejos pela prole de Hécate, basicamente a vítima ficará como um drogado, desejando mais e mais daquele perfume deixando ele suscetível para decisões (permitindo a prole pedir que este faça o que você disser, ele como um tolo nem vai conseguir entender o que ela quer com aquilo, somente o fará)

Nível 11-25: A prole de Hécate agora esse perfume age ainda mais forte, não so fazendo ele desejar a prole mas agora faz com que ele se torne um louco apaixonado por ela, sentindo um amor platônico por ela. Ele não aceitará concorrência (irá matar outros que forem afetados pelo perfume) ele a protegerá mesmo que tenha que dar sua vida por ela, ele fará de tudo para ter o coração da prole.

Nível 26-35: A prole manifesta uma aura mágica de coloração verde, a qual através de movimentos sensuais e provocantes, a prole conseguirá deixar fazer o seu oponente cair em pequenas ilusões, além de fazer toda a tensão de seu corpo se diminuirá ficando mais relaxado, achando que não tem mais que lutar, que tudo acabou, que apenas tem que curtir o show que a prole de Hécate esta a fazer para o (os) oponente (s).

Nível 36-50: Agora a prole é capaz de desenvolver ilusões através da troca de olhares em seu oponente, quando este olhar para ela, ele cairá na técnica. Onde a prole conseguirá brincar com a mente dele de todas as formas viáveis, conseguindo alterar o cenário onde estão para lugares mais masoquistas ou sensuais e entre outros, podendo alterar a aparência, tamanho, membros e etc de seu adversário assim como também poderá alterar sua aparência livremente.

Nível 51-99: Em seu auge a prole adquire o ilusionismo sendo capaz de criar e gerar ilusões por onde estiver, conseguindo fazer alterações extremamente reais, elas afetaram os 5 sentidos dos oponentes conseguindo também os fazer sentir sentimentos de acordo com o que a ilusão proporcionar. A prole poderá usar seu corpo como uma terrível arma.



Poderes Ativos
 

Magia Demoníaca

Sendo filho (a) de uma divindade infernal esta será capaz de manifestar uma magia relacionada ao submundo.

Nível 30-60: A prole de Hécate inicialmente é capaz e manifestar as mesmas capacidades básicas da magia negra como recitar feitiços e encantamentos, também sendo capaz de interagir com espíritos e os banir para o Hades, ou até mesmo impedir que elas transitem pelo plano astral ou até mesmo convocar fantasmas e etc. A prole de Hécate é capaz de convocar as chamas negras do submundo, podendo as utilizar de maneira livre, conseguindo queimar até mesmo seres do plano astral (espiritual).  Ela se mostra capaz de materializar e desmaterializar portais que a permite viajar interdimensionalmente como se fosse um ser infernal.