top of page
download.jfif

 

Heka

Feitiços Rasos

  1. Khitab Alhayawan (خطاب الحيوان): Quando entoado esse feitiço, o usuário adquire a capacidade de se comunicar com animais que estejam em seu campo de visão (uma espécie por vez), adquirindo a capacidade de obter informações e adotá-lo como seu acompanhante, a depender do humor da criatura. 

  2. Shakkl Hayawaniun (شكل حيواني): Ao recitar o feitiço, o usuário adquire alguma capacidade dos animais naturais do antigo Egito, desde a uma característica física, como tamanho ou partes do corpo, a alguma característica biológica, como venenos e capacidades fisiológicas.

  3. Alrimal Almutaharika (الرمال المتحركة): Ao tocar as suas duas mãos no solo e recitar o feitiço, o usuário fará com que o solo ao seu redor seja transformado em “areia movediça”, fazendo com que todos que estejam sobre ela fiquem afundem constantemente, enquanto o usuário permanece sem ser afetado. Os afetados não conseguirão se soltar por conta própria, mas demorarão trinta (30) minutos para afundar completamente, ficando presos nas areias do deserto invocado pelo conjurador.

  4. Easifat Ramlia (عاصفة رملية): Ao recitar o feitiço, uma “tempestade de areia” será formada no ambiente em que o usuário estiver. Essa tempestade impedirá com que aqueles em seu interior consigam enxergar, ouvir ou sentir o que está acontecendo ao seu redor, uma vez que esses sentidos estarão comprometidos pela tempestade. O usuário e aqueles que ele escolha não serão afetados negativamente pela tempestade.

  5. Aistidea' Aljueran (استدعاء الجعران): Ao recitar o feitiço, o corpo do usuário será convertido em centenas de escaravelhos, os quais poderão agir em conjunto, como uma onda de pequenos besouros, ou de maneira independente, tendo cada um a consciência do usuário. Os escaravelhos possuíram um veneno capaz de paralisar o alvo por duas horas.

  6. Bariq (بريق): Ao recitar o feitiço, o usuário conseguirá fazer com que sua aparência seja alterada para seres de mente fraca que estejam no mesmo recinto (não funciona contra pessoas com algum tipo de imunidade/resistência mental).

  7. Sabeat Sharayit (سبعة شرائط): Ao recitar esse feitiço, o usuário fará com que sete fitas sejam liberadas da sua mão. Tais fitas são abençoadas pela deusa Hathor, dando uma capacidade mística para tais. Essas fitas perseguem o alvo, desviando de obstáculos até os alcançá-los e, quando isso ocorre, são envolvidos por elas, tendo suas energias enviados para o Duat até que sejam liberados.

  8. Yanam (ينام): Ao recitar o feitiço enquanto mantém contato visual com o seu alvo, o usuário fará com que ele caia em um sono profundo, do qual só acordará após duas horas em off.

  9. Aistieada (استعادة): Ao recitar o feitiço enquanto toca em um ferimento, o usuário conseguirá restaurá-lo à sua normalidade, fazendo a região em contato com as suas mãos ser regenerada.

  10. Altamathil (التماثيل): Ao recitar o feitiço quando na presença de estátuas, o usuário fará com que elas ganhem vida para batalhar por ele. As estátuas herdarão a velocidade de combate do conjurador, assim como a força e resistência será equivalente à potência do usuário.

 

Feitiços Quase Absolutos

  1. Nafs Alhaya (نفس الحياة): Para que o “Sopro da Vida” possa ser utilizado, é necessário anteriormente que alguma parte do corpo do falecido tenha restado, como um braço, ossadas ou órgão vital, e assim, quando o feitiço for entoado, o corpo irá se regenerar a partir daquele resto mortal, devolvendo a vida ao indivíduo, se sua alma estiver no mundo dos mortos, é claro. Uma vez utilizada, é necessário aguardar duas semanas para reutilizar, tenha tido sucesso na ressurreição ou não.

  2. 'Iieadat Bina' (إعادة البناء): Uma vez entoado, “Reconstrução” fará com que durante três rodadas o usuário (ou alguém que toque) receba a capacidade de reconectar partes de seu corpo que tenham sido decepadas, as quais se movem por uma força mágica para se unirem, mas claro, isso também faz com que não possam ser mortos devido a cortes em seu corpo. Uma vez utilizado, só pode ser usado novamente uma semana (off) após o cessar desses efeitos, contando a partir do fim das rodadas.

  3. Alsanadat Alzawjia (السندات الزوجية): Ao recitar o feitiço, tendo um alvo específico que seja do sexo oposto, o conjurador criará um “elo matrimonial” entre os dois que funcionará da seguinte maneira: Ao terminar de conjurar o feitiço, uma aliança se formará no dedo anelar dos dois envolvidos no feitiço. Com isso, habilidades que tentem ocultar a presença do alvo para o usuário passarão a não funcionar, apesar de continuarem funcionando para terceiros. Enquanto o alvo utilizar a aliança, o conjurador sempre saberá a sua localização, estando os dois presos um ao outro até que o usuário decida cancelar o feitiço.

  4. 'iilah Alwaraq (إله الورق): O "deus de papel" é um heka que quando entoado manifesta uma folha de papel mágico de 20cm² na palma da mão do usuário, a qual tem como característica a capacidade de armazenar uma coisa, seja artefato, poder, energias ou qualquer outra coisa, exceto seres vivos, bastando que entre em contato com sua superfície. No caso de poderes, energias e coisas do gênero, elas devem possuir uma potência igual ou inferior à resistência do papel mágico, que claro, é equivalente à potência de ataque do usuário. Para soltar aquilo que foi armazenado, basta rasgar o papel e assim será liberado aquilo que foi armazenado. Uma vez utilizado, precisa aguardar mais uma semana em off para poder ser utilizado.

  5. Quat Alkalima (قوة الكلمة): Fundalmente a heka considera muito o poder das palavras, não somente dos nomes, mas das palavras como um todo, e devido a isso existirá esse feitiço. Uma vez entoado, a "Palavra de Poder", permite que parte do poder do deus Hu encarne na voz de algum indivíduo escolhido pelo usuário, que durante duas rodadas receberá a capacidade de dar ordens verbais para aqueles que lhe ouvem. Como dito, dura duas rodadas, precisando aguardar mais quatro dias em off para poder lhe reutilizar.

  6. Jadhib Almasa (جاذب المأساة): Essa habilidade existe de uma forma peculiar, onde inicialmente o usuário deve usar o item que pertença ao inventário de alguém, e assim, segurando este item o usuário deve entoar o feitiço, transformando aquele artefato em uma espécie de “shabti” (amuleto), onde se por algum acaso o usuário do item for aplacado por uma maldição, envenenamento, doença, redução de potencial ou poder da morte, o poder será transferido para este amuleto mágico. Contudo, existem algumas restrições, como o poder do amuleto só funcionando se usado no corpo daquele que possui tal item em seu inventário, assim como uma vez que a transferência é usada, precisará aguardar cinco dias em off para ela se revelar novamente. Além disso, se o amuleto for quebrado, ele irá liberar uma onda de energias que carregam todas as coisas que foram transferidas para ele. Uma vez que o feitiço é utilizado, precisa aguardar uma semana em off para lhe reutilizar.

  7. Akal Al'akadhib (آكل الأكاذيب): Também conhecido como o “Devorador de Mentiras”, os usuários uma vez que entoem o feitiço corretamente conseguem manifestar durante a rodada de entoação e a próxima uma dissipação de influências divinas que buscam interagir diretamente com poderes de persuasão ou lábia de seus alvos, retirando o poder divino que existe sobre essas palavras. Durante o raio de influência do feitiço a lábia ou a própria persuasão não conseguem interagir neste plano.

  8. Ajnihat Dhahabia (أجنحة ذهبية): Quando entoado, o feitiço “Asas Douradas” permite agraciar até três indivíduos com um grande par de asas douradas de envergadura proporcional ao corpo do usuário, com as quais se tornam capazes de voar com uma velocidade equivalente à velocidade de ataque de suas manifestações mágicas. Se o indivíduo já possuir tal capacidade, será simplesmente um acréscimo na sua velocidade de voo. Dura três rodadas.

  9. Hijab Ghamiq (حجاب غامق): Uma vez entoado, o “Véu Escuro” traz consigo uma grande massa de escuridão que surge a partir do corpo do usuário, se espalhando em todas as direções e simplesmente transformando aquilo em um breu absurdo, onde a luz é incapaz de penetrar ou se manter, além de tornar impossível que os indivíduos enxerguem normalmente, e em especial, no caso do usuário, impedindo até mesmo que o percebam por quaisquer espectro visual físico. Entretanto, eles mesmos são capazes de enxergar normalmente em meio a esse breu. Dura até três rodadas contínuas.

  10. Tatawar 'Awali (تطور أولي): Uma vez entoada, a “torção Elemental” permitirá que o usuário seja capaz de manipular a água, terra e fogo como bem entender, desde que estejam a uma distância de até 20m de seu corpo ou dentro de seu campo de visão. Dura somente pela rodada de uso.

Feitiços Absolutos

  1. Tawjih 'Uthiri (توجيه أثيري): Para começar que, para essa a “Canalização Etérea” possa mostrar seus efeitos, é necessário anteriormente que sejam capazes de tocar a barriga do indivíduo com a ponta de seus cinco dedos, o que acaba fazendo com que o centro de concentração de sua energia divina (no caso, região do umbigo) seja cravejado por sua magia, que uma vez feito, acaba fazendo com que pelo período de uma semana em on, o indivíduo esteja constantemente puxando a energia divina do afetado, no caso, utilizando 10% de seus níveis por meio disso, enquanto ele ficará incapaz de usar desses 10%, afinal, a energia estará sendo constantemente roubada. 

  2. Mathl 'Uwzuris (مثل أوزوريس): Para que “Como Osíris” possa ser utilizada realmente, primeiramente é necessário que o feitiço seja entoado após uma vida ser sacrificada pelas mãos do usuário, e através disso serão capazes de conceder a imortalidade via resiliência para um indivíduo que esteja a uma distância de até 50m de distância de si. Se torna praticamente impossível matar o abençoado, visto que ferimentos físicos simplesmente não irão lhe matar em situações normais, exceto se seu corpo for completamente destruído, sem restar uma única célula deste,aí sim, estará morto, mas fora isso, pode até estar inutilizado, mas não morto.

  3. Aistieab Rae (استيعاب رع): Sendo uma derivação da Heka utilizada por Ísis para se apoderar dos poderes de Rá, esse feitiço se manifesta da seguinte forma: inicialmente o feitiço deve ser entoado, e aí, até uma rodada após isso, alguém deve dizer as seguintes palavras “voluntariamente”: “Eu, (nome daquele que fala), pelo sagrado nome de Ísis, passo a ti meus poderes”. A partir disso, os poderes ativos do progenitor (ou seguidor) deste indivíduo serão transferidos para o usuário deste feitiço, que passará a portar mágicamente essas habilidades por um período de uma semana em on. Uma vez que a parte inicial do feitiço seja executada, precisará de duas semanas em off para ser novamente utilizado, independente ou não do sucesso do indivíduo em adquirir as habilidades de outro, e sim, somente um por vez.

  4. Mubtal 'Abutrubik (مبطل أبوتروبيك): O “invalidador apotrópico” é um feitiço que encanta um determinado objeto/item utilizando do sangue de um ser como catalisador. Inicialmente a superfície deverá ser banhada por esse fluido corporal, e após isso as seguintes palavras deverão ser ditas: “Pelos poderes de Heka e Ísis, eu proclamo e abençoo este artefato banhado por sangue e magia”. Com isso feito, as partes do artefato que tenham sido banhadas pelo sangue simplesmente receberão uma invulnerabilidade contra todos os poderes do portador daquele sangue, com isso sendo feito em uma escala equivalente a sua magia, que neste caso é absoluta. Um objeto/item não pode ser duplamente encantado por este feitiço, que tem uma longevidade de um mês em on.

  5. Dar' Alqadar (درء القدر): Ao entoar o feitiço, o usuário conseguirá “afastar o destino” da sua existência, ficando totalmente livre de formas que tentam ver ou manipular o seu futuro. Com isso, o conjurador se torna um ponto indecifrável da linha temporal, existindo, mas com uma leitura incompreensível. Devido à complexidade do feitiço, seu tempo de duração é de apenas duas rodadas, tendo um período de recarga de duas semanas em off a partir da desativação do seu uso.

  6. Harim (هرم): Ao recitar o feitiço, o usuário invocará uma “pirâmide” do tamanho de um prédio de três andares e com diâmetro de 100 metros. Dentro desse espaço, todos ficarão sem poder utilizar dos seus poderes e completamente presos, em outras palavras, selados. A pirâmide se mostra indestrutível, tal qual as do antigo Egito, tendo como único ponto fraco a vida do conjurador, o qual a morte desfaz o selamento. Quando o conjurador utilizar deste feitiço, não poderá utilizá-lo novamente até que o selamento seja desfeito. Com isso, será necessário duas semanas para poder criar um novo.

  7. Kalimat Quat Euzmaa (كلمة قوة عظمى): Para começar, a "Grande Palavra de Poder" pede que o usuário saiba o nome completo de um indivíduo, e claro, para que o seu uso seja feito, além do feitiço ser entoado, também deve ser falado o nome completo daqueles que deseja afetar, mas não é necessário que eles lhe ouçam. O feitiço tem como efeito cortar magicamente a conexão entre um indivíduo e sua energia divina de forma temporária, fazendo com que perca o acesso a sua energia divina e consequentemente suas passivas e ativas, mas isso é feito de forma tão brusca que o afetado perde a consciência durante duas rodadas. 

  8. Alsuwrat Alhaya (الصورة الحية): Para utilizar o poder do feitiço da “Imagem Viva”, o usuário primeiramente terá que possuir o acesso a alguma imagem referente a um ser, podendo ser divindades, criaturas ou qualquer coisa que represente algo considerado vivo para os habitantes do antigo Egito. Com isso, ao recitar o feitiço, o conjurador dará vida àquela imagem, invocando o que estiver desenhado para o servir. O ser criado terá o seu conhecimento limitado à capacidade intelectual do usuário, mas possuirá seus potenciais equivalentes ao poder máximo do conjurador. Dessa forma, caso crie um ser com capacidades físicas, o potencial de combate dele será equivalente ao potencial mágico do usuário.

  9. La 'Akthara! (لا أكثر!): Uma vez entoado, o poder der de "Não Mais" concede uma imunidade inquebrável contra induções a morte e controles biológicos para até três indivíduos, infelizmente durando somente duas rodadas, precisando aguardar mais três semanas em off para poder reutilizar tal habilidade.

  10. Kalimat 'Uwzuris Almuqadasa (كلمة أوزوريس المقدسة): Quando entoada, a "Palavra Sagrada de Osíris" cria um ponto de atração astral em seu corpo, onde coisas que habitam o plano astral acabam sendo atraídas em sua direção (distância de até 20m de si), incluindo até mesmo espíritos, que simplesmente abandonam seus corpos verdadeiros, deixando-os inconscientes durante quatro rodadas. Uma vez utilizada, precisam aguardar mais cinco dias em off para poder lhe reutilizar.

 

Utgard-Rēsō

Feitiços Rasos

Magia Rúnica 

Seiðr

bottom of page