top of page
supergirl-superman-cast-chris-wood.jpg

NICHOLAS YANNICK

Através de um treinamento com o aeon Paraklêtos, Nicholas aprendeu a técnica suprema chamada de "Carmina Aeonas", que posteriormente acabou sendo aprimorada por meio de um treinamento com Sócrates, o antigo sábio.

       HABILIDADES DE TREINAMENTO       

Habilidades Passivas



 

Estado Búdico 

 

Durante o embate contra Sun Wukong nos eventos que envolveram a primeira aparição de King, Nicholas acabaria conseguindo aprender o chamado "estado búdico" que alguns Bodhisattvas e Budas são capazes de utilizar, visto que ela aproxima o usuário de um estado de “iluminação”, elevando sua capacidade cognitiva em níveis absurdos. Qualquer meio de replicar este poder é incapaz de o fazer, mesmo que absoluto.

 

Nível 1200: Essa habilidade passiva faz com que o seu usuário obtenha uma capacidade de percepção extrassensorial constante, a qual abrange o plano material, espiritual e até mesmo o mental, mas de uma forma tão absurda que o indivíduo obtém uma percepção do próprio tecido da realidade, permitindo até mesmo estar ciente de eventos do espaço-tempo presente e diferentes outras coisas que ocorrem nestes planos e no tecido realístico. Importante ressaltar que o usuário é capaz de usufruir dos efeitos dessa habilidade através de outras capacidades de percepção que possua. A posse de tal habilidade também faz com que o usuário tenha suas emoções e intenções suprimidas, sendo tomado por uma serenidade aparente, além de conferir um acréscimo de 25% SOL na velocidade de percepção do usuário, com a habilidade também permitindo que o usuário perceba coisas e seres imperceptíveis, assim como constante percebendo o futuro, mesmo que imprevisível, ainda que abaixo do quase absoluto, entretanto, no nível 1700 a habilidade como um todo se torna quase absoluta. O alcance desta percepção passiva é sempre uma escala abaixo do poder base do usuário da técnica, mas neste alcance ele constantemente receberá informações referentes aos planos e tecidos alcançados pela habilidade, porém, ainda é uma habilidade de natureza búdica, o que faz com que o usuário obtenha uma aproximação dos “skandhas”, que nada mais são que os cinco fatores materiais e mentais que explicam a pessoa e a personalidade de um ser senciente, sendo estes cinco fatores os seguintes:

 

  • Rupa - Forma: É a forma material de todas as coisas, e por a compreender, o usuário será capaz de entender forma, aparência e até a composição interna e externa das coisas em nível equivalente ao atômico, mas claro, elevado aos planos que a habilidade alcança.

  • Vedana - Sensação: Representa obviamente a capacidade do usuário de perceber e compreender as sensações (estímulos sensoriais) que os seres vivos no alcance de sua percepção estão sentindo, mas claro, elevado aos planos que a habilidade alcança.

 

  • Sañña - Percepção: É a capacidade do usuário capaz de reconhecer quando alguém identifica e/ou reconhece algo e/ou estímulos sensoriais com base em suas experiências passadas, elevado aos planos que a habilidade alcança.

 

  • Sankhara - Formações Mentais: tornando-o capaz de compreender as formações da mente, como as vontades, intenções, pensamentos e até mesmo emoções, mas claro, alcançando os planos de existência que a habilidade permite.

 

  • Vinnana - Consciência: Este aspecto permite com que o usuário compreenda as capacidades sensoriais e extra sensoriais dos seres (físicos ou não), que no caso do budismo, envolve até mesmo a mente, permitindo a compreensão das memórias recentes, onde a cada turno com alguém no alcance de sua percepção, conhecerá seu passado de duas semanas (ON). 

 

Obs: A habilidade pede que Nicholas não mate intencionalmente seres vivos que estão incluídos na roda do samsara, onde caso o faça, perde o acesso a tal poder durante 7 dias em off.


 

Götterdämmerung

 

É nada mais que uma técnica utilizada pelos próprios aeons, apresentada originalmente como “Carmina Aeonas”, a qual foi ensinada ao nórdico por Paráklētos, um aeon, e posteriormente melhorado pelos ensinamentos de Sócrates. Acaba sendo a base de todos os poderes de Nicholas, com um poder impressionante que segundo Adão, só pode ser combatido diretamente por um outro poder aeônico, sendo impossível de ser replicado, redirecionado, copiado ou imitado por qualquer tipo de poder, independente da escala deste, segundo o próprio aeon. Por Nicholas carregar energia aeônica dentro de si, qualquer ser que absorva ou tente controlar sua energia acaba sendo apagado da existência devido aos traços deste poder, rompendo qualquer imunidade ou durabilidade.

 

Nível 1300: Para começar, a técnica transcendente de feitos aparentemente ilimitados coloca os atributos do seu usuário em um nível muito superior ao dos demais seres, sem nem mesmo ter a necessidade de se transformar para isto. Em termos gerais, a habilidade consegue fazer com que através de seus próprios níveis a velocidade, força e durabilidade do usuário sejam amplificados em nível existencial essencial em uma escala desproporcional, tanto interna quanto externamente. Os atributos influenciados por essa habilidade acabam possuindo um estado base similares aos da próxima forma da “linha cósmica” que os níveis fariam o usuário acessar (sem necessidade de a ter em inventário), sendo: força e durabilidade equivalentes a próxima forma cósmica com o acréscimo de um “+”, enquanto que a velocidade de combate e viagem seriam equivalentes a maior velocidade fornecida pela próxima forma cósmica, mas aumentada em três vezes. Então, por exemplo, com o usuário desta habilidade sendo um mero nível 1200, ele possuiria força e durabilidade multi-galaxy+, visto que a próxima da linha cósmica seria a Transformação Epsilon, enquanto que tanto a velocidade de combate quanto a de viagem seriam de 4.5 FTL, dado que o maior valor de atributo velocidade pela Transformação Épsilon é de 1.5 FTL.

 

  • Crescimento Indeterminado: Por fim, uma capacidade especial da habilidade aeonica, que é o fato do usuário ser capaz de amplificar os atributos naturalmente tão absurdos. Quando essa capacidade é utilizada, o usuário começará a receber um acréscimo de um “+” por rodada (se torna de dois “+” por turno a partir do nível 2000), enquanto que suas velocidades receberão por rodada um acréscimo equivalente ao maior valor de velocidade que a próxima forma da linha cósmica lhe concede, neste caso, a forma que já serve como base para os atributos do usuário. Se estiver lutando em nome do “bem maior” e por coisas pela qual mantém um apreço profundo, o aumento que o usuário receberá por rodada através dessa sub habilidade será de dois “+”, enquanto que o aumento nas velocidades será de duas vezes o maior valor de velocidade que a próxima forma cósmica da linha cósmica lhe concede, e novamente, se referindo aquela que já serve como base para os atributos do usuário. No que se refere a multiplicadores usados enquanto o crescimento estiver ocorrendo, os valores concedidos pelo multiplicador terão que ser recalculados a cada rodada, já que a cada rodada o número multiplicado será um ainda maior, devido a natureza tão especial deste poder. Entretanto, esse aumento é temporário, perdendo metade deste aumento de potencial após quatro rodadas fora de combate ou sem utilizar tal capacidade, e após mais quatro rodadas, o aumento de potencial desaparece por completo.

 

Obs: Por não ser um aeon, sua maestria não é perfeita, e Nicholas possui um limite de tempo para usar a técnica de crescimento, quanto mais tempo utilizar, mais crítico será o estado em que o nórdico ficará após a conclusão, podendo ficar até mesmo inconsciente por um longo período devido ao grande gasto energético causado por isto. Uma vez que ele usa a técnica com sabedoria, Nicholas volta automaticamente ao normal, ficando exausto em escala e mal consegue se mover. O protagonista também fica incapaz de usar qualquer habilidade passivo/ativo por cinco minutos (Os cinco dez minutos ficará à mercê do narrador se será em ON ou em OFF), já que a técnica esgota suas reservas energéticas. Uma vez que alcance o poder base de nível multi-galaxy, essas consequências acabam desaparecendo quase totalmente.

 

  • Uso Com Transformações: Para começar, é importante ressaltar que somente a partir do nível 1900 o usuário será capaz de usufruir do “crescimento indeterminado” junto de alguma transformação adicional, que neste caso, acaba tendo os atributos da transformação convertidos em um acréscimo aos atributos que o usuário já possuirá.


 

Siegfried

 

É nada mais que uma técnica utilizada pelos próprios aeons, apresentada originalmente junto ao “Carmina Aeonas”, a qual foi ensinada ao nórdico por Paráklētos, um aeon. Apesar de não ser exatamente poderosa, seus efeitos são imensos, dado o fato de que com ela até o mais frágil dos golpes acabava sendo consideravelmente mais eficaz do que realmente deveria ser. Este poder acaba sendo impossível de ser replicado, redirecionado, copiado ou imitado por qualquer tipo de poder, independente da escala deste, segundo o próprio aeon.

 

Nível 1500: Essencialmente, o poder faz com que Nicholas seja intuitivamente capaz de perceber existências em nível essencial através de seus meios de percepção, localizando o ponto fraco de todas as coisas, que segundo o Aeon, existe em todas as coisas e seres. Isso se expressa não só como a capacidade de romper qualquer nível de resistência ou imunidade, como também a capacidade de interagir com o que chama de “pontos de pressão existenciais”, com os quais é capaz de induzir diferentes efeitos/fenômenos de duração indeterminada na existência das coisas e seres ao contato com estes pontos de suas existências, sendo capaz de os localizar de forma instantânea, assim como sendo capaz de distorcer a tudo através dos gestos, redirecionando, impulsionando, concentrando, contorcendo e outras coisas mais. Devido a natureza da técnica aeonica, o usuário é capaz de fazer uma interação de nível existencial essencial, e uma vez que alcance o nível 1800, será capaz de gerar sequelas existenciais em seres por meio disto disto. Em termos práticos, o contato com o “ponto de pressão existencial” faz com que o ato tenha uma eficácia equivalente a um feito que tenha o equivalente a dois “+” de eficácia em relação a potência de ataque investida na ação.


 

Norðrjóst Snæskar

 

Para começar, é importante citar que durante os eventos da trama “Herança Yannick”, Nicholas acabou por obter a espada de Ragnar Lodbrok, seu ancestral lendário, revelado pouco tempo depois que é uma arma criada pelo próprio Odin. Essa lâmina acaba dando o nome desta habilidade, que é o seu nome, “Estrela do Norte Cortante”, mas em nórdico antigo. Por fim, em um treinamento posterior, Nicholas obteve uma revelação de Odin, que disse que o artefato servia como uma extensão dos poderes da Odin Force, nomeada por Nicholas como Brimir Force, sendo disso que se trata essa habilidade.

 

Nível 1700: Começando, o artefato canaliza passivamente o poder inato da Brimir Force, mesmo que ela não esteja ativada, sem causar mais gastos energéticos por isso. Essa canalização faz com que o armamento possua uma durabilidade e potência equivalente ao que o “Aspecto da Energia” concederia ao usuário, o que também fará com que a espada consiga canalizar a energia de outras coisas e seres, refinando-a e direcionando ao usuário, visando revitalização existencial do próprio, com tal canalização ocorrendo na escala do controle energético que o aspecto supracitado concede durante o uso da dita habilidade ativa, e claro, ocorrendo em uma velocidade equivalente a 50% da percepção atual do usuário. Aqueles que são tocados pela espada também podem sofrer de um selamento ilusório absoluto, onde toda a existência mental deste ficará preso dentro de sua própria mente, mesmo o inconsciente, tornando-o incapaz de tomar qualquer ação, seja consciente ou não, ficando neste estado por até dez dias (OFF), entretanto, uma vez que alcance o nível 1800, essa ilusão se torna super absoluta, passando a durar até 15 dias (OFF). Por fim, a espada também é capaz de cortar através das dimensões, o que permite com que o usuário consiga cortar a estrutura do espaço, simplesmente ignorando a durabilidade existencial das coisas enquanto as corta, conseguindo criar portais que interligam distâncias equivalentes a potência concedida pelo “Aspecto da Energia” no atual nível do usuário (desde que saiba onde está mirando ou que tenha memória do local), cortar dimensões inteiras, criar rombos no espaço-tempo similares a buracos negros, ignorar distâncias equivalentes a potência concedida pelo “Aspecto da Energia”, e claro, a espada é capaz de alcançar o plano espiritual.

 

  • Norðr Gæsparni Réttráðar: A “Besta Justa do Norte” é a versão transmutada da espada, que se transforma em uma besta (crossbow) com base na vontade do usuário, sendo uma arma de cor metálica escura, que quando for utilizada, produz flechas douradas com o poder capaz de destruir gigantes, monstros, demônios e deuses, com tais flechas se propagando em velocidade luminosa. Similar ao modo espada, ela também possui uma certa ligação com a Brimir Force, especialmente com o “Aspecto da Energia”, a qual irá conceder a base do potencial ofensivo das flecha, entretanto, o escalonamento funciona de uma forma ainda mais especial, visto que o nível de controle energético do aspecto supracitado também servirá como base para a capacidade das flechas de eliminar, anular, apagar, abolir e extinguir manifestações, coisas e seres que sejam considerado como mal. Quando disparadas, as flechas obtêm um aumento de seu tamanho, alcançando o tamanho de uma cidade grande. Entretanto, este modo só pode ser utilizado contra o verdadeiro mal, nunca causando danos contra a justiça do norte, mas ainda assim, quando ela anula os poderes de seres malignos, estes ficam com suas habilidades anuladas durante trinta dias (OFF).

 

Obs: Devido a ligação ódica, a espada/best possuem uma proteção super absoluta, liberando energia da destruição da “Brimir Force” contra aqueles que a tocam sem autorização, e caso destruída, se recriará a partir da energia da criação da “Brimir Force” após dois dias (OFF).


 

Odinkai

 

Mais um treinamento oriundo da descoberta de que Nicholas Yannick era descendente de Ragnar Lodbrok, e por consequência, descendente do próprio Odin Borson, rei dos deuses do norte. Devido a isto, ele acabou por obter o "Odinkai", uma técnica exclusiva que é atribuída aos descendentes de Odin, e por ser algo oriundo de linhagem divina, não pode ser copiado por meios até mesmo absolutos, desde que estes não consigam sobrepor a necessidade de ligação sanguínea.

 

Nível 1800: Essa habilidade passiva se expressa como uma forma de capacidade regenerativa existencial e capacidade de crescimento, mas que por sua vez só é exibida quando o seu portador sobrevive a uma batalha intensa e quase fatal, fazendo com que sua existência se adapte e se fortaleça rapidamente, aprimorando sua existência como uma resposta em prol da sobrevivência, permitindo com que este retorne ao combate com um nível de poder ainda maior do que antes, com essa habilidade afetando a durabilidade, força e até mesmo reservas energéticas do usuário, apesar de seu efeito só se concretizar após três rodadas, mas voltando ao combate com uma revitalização existencial completa, ou seja, recuperando suas energias completamente. Sobre o aumento por ela concedido, ela fará com que o usuário retorne ainda mais forte do que estava antes da manifestação da Odinkai, recebendo um acréscimo de mais sete “+” em relação ao que possuía nos momentos anteriores ao uso desta habilidade em sua reserva energética, durabilidade e força base, sendo que os efeitos da habilidade vão com o passar do tempo, onde a cada três dias (OFF), ele perderá um “+” que teria recebido pela habilidade, até o ponto em que chegaremos agora, já que o usuário não perde totalmente os efeitos desta, sempre mantendo um “+”  permanente em sua reserva energética, durabilidade e força base após o uso desta capacidade de crescimento. Entretanto, durante um período de 45 dias (OFF) a partir do último uso da Odinkai, a capacidade de crescimento dessa técnica de linhagem sanguínea vai enfraquecendo a cada uso, já a cada utilização após a primeira, o crescimento concederá menos um “+”. Por exemplo, já utilizou um Odinkai em determinada saga, então quando o fizer novamente, invés de receber sete “+”, receberá apenas seis, e assim sucessivamente, mantendo eternamente para si apenas um”+”, nos aspectos anteriormente descritos. 

 

  • Variantes: Entretanto, essa não é uma habilidade ilimitada, já que o próprio uso desta já é dependente do estado emocional do usuário e do ferimento infringido a este, onde dependerá deste conseguir se curar para alcançar tal crescimento, mas pelo menos, devido a grandiosa capacidade regenerativa da Odinkai, o usuário se regenera em uma velocidade consideravelmente alta. Além disso, se o usuário estiver sem energia antes de sofrer o ferimento grave, não será capaz de usufruir desta habilidade.


 

Habilidades Ativas

Brimir Force

 

Uma vez que Nicholas obteve conhecimento de que é descendente do lendário Ragnar Lodbrok, e consequentemente do próprio Odin. Isso concedeu a ele uma maior proximidade com o Pai-de-Todos, o que se expandiu para a obtenção da Odin Force, uma habilidade poderosa criada pelo próprio Odin, sendo utilizada por ele, o grandioso Thor, e claro, o próprio Ragnar Lodbrok no Valhala. É uma habilidade que não pode ser utilizada por seres que não possuem o sangue de Odin, portanto, não podendo ser replicada mesmo por habilidades super absolutas.

 

Nível 1200: Uma vez ativada, o poder da linhagem de Odin e Ragnar Lodbrok passará a fluir no interior do usuário, concedendo uma série de vantagens por estar usufruindo dessa habilidade, que por sua vez não colocará o usuário em desgaste energético pelo seu uso, mas podendo precisar de um descanso para poder vir a reutilizar essa habilidade sem chance de falhas, já que a utilizar várias vezes continuamente fará com que a exaustão lhe tome o suficiente para que isto seja necessário, com este descanso se expressando na forma do “Brimirsleep” (Odinsleep), também chamado de sono eterno. É um estado no qual o usuário está em sono profundo, recarregando a habilidade e ficando vulnerável como um mortal, no qual ele estará recarregando a habilidade, com sua duração variando de tempos em tempos, por vezes durando uma única noite, enquanto pode vir a durar até 12 dias (OFF), dependendo de todos os fatores envolvidos no uso da habilidade.

 

  • Aspecto da Energia: Para começar, uma vez que a habilidade seja ativada, passivamente o usuário receberá acesso a um estoque quase inesgotável de energia, sendo algo oriundo da própria Asgard, o que por sua vez permite com que ele some este modo com as mais diferentes habilidades, que acabam tendo um gasto mínimo, se aplicado mesmo ao uso de uma outra transformação junto a esta, que acaba tendo o seu tempo de uso estendido de forma indeterminada durante o uso desta transformação, em outras palavras, durando enquanto essa habilidade permanecer ativa, o que também faz com que o tempo de recarga de suas habilidades seja resetado e não exista durante o uso desta habilidade. O aspecto de energia concede um potencial e durabilidade inesgotavelmente equivalente à próxima forma da linha cósmica que o usuário alcançaria através de seus níveis (Ex: Sendo um personagem nível 1200, a habilidade concederia um potencial/durabilidade equivalente não a Forma Ômega, mas sim a Transformação Épsilon). Além deste efeito passivo, o usuário recebe uma ergocinese/dinacinesia, que nada mais é que a capacidade de criar, moldar, alterar e manipular energias, sejam elas científicas, espirituais, mágicas, da destruição, que permite apagar existências, e claro, da criação, que pode fazer curas existenciais. Permite até mesmo a energia divina dos seres, podendo compreender perfeitamente o quão complexo é o fluxo energético dos seres. Por fim, sua “ergocinese” existe em nível super absoluto.

 

  • Aspecto do Guerreiro: Este aspecto consiste em acelerar a circulação sanguínea e o próprio fluxo energético do usuário, amplificando força/durabilidade em até dois “+” e afetando sua velocidade  (viagem, combate e voo) atual em um aumento de até dez vezes, baseando-se em quão mais rápido o usuário fará a circulação de energia. 

 

  • Aspecto Realístico: Por meio deste aspecto, o usuário se mostra capaz de alterar a realidade e seus aspectos a partir de seus pensamentos, conseguindo dobrar, quebrar, destruir e manipular as leis da realidade material e espiritual, seja por um poder sobre a física, biologia, natureza, química e diferentes outras coisas referentes a isto, permitindo alcançar diferentes efeitos, como criar coisas do nada, criar e destruir matéria, alterar matéria e energia em nível atômico, transformar imaginação em realidade. Essa é uma habilidade absoluta.

 

  • Amplitude: Para começar, este aspecto possui um efeito simples, podendo ser utilizado como gatilho de amplificação de quaisquer poder possuído, aumentando a velocidade deste em até cinco vezes e tornando seu tempo de duração três vezes maior. Também pode ser usado diretamente em sua própria existência, superando os limites que a sua própria existência estabelece, atingindo um potencial de 120% do que possuir naquele momento.

 

  • Sabedoria Suprema: Este aspecto possui a capacidade passiva faz com que durante o tempo em que a habilidade estiver ativa, o usuário constantemente venha a receber informações sobre o espaço-tempo em uma área proporcional ao potencial concedido por seu “Aspecto da Energia” com um conhecimento simplesmente cósmico (similar a uma fusão de sentidos sobrenaturais e clarividência, seja referente ao plano material, espiritual, mente dos seres vivos ou mesmo ao plano essencial, visto que é capaz de detectar a rede de energia e seu fluxo nos mais diferentes seres, sejam eles espirituais ou criaturas ainda mais abstratas que isto, assim como as analisando continuamente através da escala de seu entendimento sobrenatural, conhecendo história humana e podendo conhecer a história dos seres que estiverem no alcance de sua percepção, reconhecendo e sentindo ameaças em potencial, até mesmo obtendo conhecimentos avançados e um entendimento da lógica e do funcionamento de todas as coisas, assim como podendo vir a obter informações sobre pessoas, objetos, lugares, conjuntos de habilidades, habilidades ou eventos, apenas por desejar tal informação, e desde que ela seja presente ao alcance da sua recepção de informações concedidas pela “Sabedoria Suprema”, ele simplesmente receberá essa informação de forma intrínseca. Com isto ele constantemente estará recebendo informações do futuro (até mesmo imprevisíveis) e de coisas que até então estão imperceptíveis, em escala igual ou inferior a sua sabedoria. Entretanto, este aspecto também possui uma parte ofensiva, visto que ela concederá ao seu usuário um conhecimento absurdo sobre a magia, conhecendo todas as expressões de magias comuns, incomuns e até mesmo ancestrais (nórdicas, celtas e eslavas) de nível até super absoluto, enquanto que é capaz de as utilizar e até mesmo criar os seus próprios feitiços, chegando até mesmo a manipular as forças fundamentais, conjurar artefatos mágicos com uma precisão incomparável, fazendo diversos feitos extraordinários em relação ao próprio conceito da magia, superando até mesmo os aprendizes de Merlin neste aspecto, ou seja, o fazendo em nível super absoluto. Seus feitos mágicos podem durar até 25 dias (OFF).                                            

    • Ultra Super Brimir: Se trata de uma outra versão da Odin Force, pela qual o usuário aumentará o tamanho de seu corpo físico em duas vezes, usando sua energia natural para forçar um aumento na produção de energia que a Odin Force lhe concede inicialmente, elevando a durabilidade do usuário de forma significativa. Todas as inibições naturais da existência do usuário são removidas neste estágio, que pode chegar a conceder até mais quatro “+” em força e durabilidade ao usuário, mas nem tudo são vantagens. Este estado aumenta excessivamente os músculos do usuário, mas acaba por reduzir a velocidade que o usuário tinha naquele momento em 40%. Além disso, a quantidade de energia natural necessária para sustentar essa forma é consideravelmente alta, fazendo com que após quatro rodadas de uso, a resistência e força do usuário comecem a cair em um “+” por turno.


 

Das Rheingold

 

É nada mais que uma técnica utilizada pelos próprios aeons, apresentada originalmente como “Carmina Aeonas”, a qual foi ensinada ao nórdico por Paráklētos, um aeon, e posteriormente melhorado pelos ensinamentos de Sócrates. Acaba sendo a base de todos os poderes de Nicholas, com um poder impressionante que segundo Adão, só pode ser combatido diretamente por um outro poder aeônico, sendo impossível de ser replicado, redirecionado, copiado ou imitado por qualquer tipo de poder, independente da escala deste, segundo o próprio aeon. Porém, esta habilidade é nada mais que uma capacidade defensiva, sendo denominada por Sócrates como “uma das melhores defesas do universo”.

 

Nível 1300: Essa técnica ativa consiste no usuário externar sua energia aeônica, formando uma “armadura” que pode cobrir sua existência parcial ou totalmente, funcionando como uma extensão da existência do próprio usuário. Para começar a descrição de seus efeitos, é necessário considerar primeiramente que esta aura protetora possuirá uma durabilidade existente em todos os planos (mesmo essencial), com o nível desta sendo proporcional a durabilidade atual do usuário, mas com a adição de cinco “+”, somado ao fato dela bloquear influências diretas nas áreas envoltas por tal técnica, “forçando” influências/manifestações a tentarem atravessar sua defesa diretamente, efeito este que segue a escala de proteção da habilidade. Por último, hora de listar os efeitos da técnica, que nada mais é que uma proteção contra quase todas as coisas, sejam elas físicas, mentais, espirituais, sobrenaturais ou mesmo conceituais, evitando que o usuário realmente venha a receber danos enquanto este manto protetor estiver de pé, sendo que os efeitos da técnica inicialmente são absolutos, alcançando a escala de proteção super absoluta no nível 1500, quase onipotente no nível 1800, e por fim, grau pseudo-onipotente no nível 2000. A aura possui os efeitos protetivos que ela concede ao por ela protegidos.


 

Die Walküre

 

É nada mais que uma técnica utilizada pelos próprios aeons, apresentada originalmente como “Carmina Aeonas”, a qual foi ensinada ao nórdico por Paráklētos, um aeon, e posteriormente melhorado pelos ensinamentos de Sócrates. Acaba sendo a base de todos os poderes de Nicholas, com um poder impressionante que segundo Adão, só pode ser combatido diretamente por um outro poder aeônico, sendo impossível de ser replicado, redirecionado, copiado ou imitado por qualquer tipo de poder, independente da escala deste, segundo o próprio aeon. Porém, esta habilidade em especial é oriunda de um treinamento que Nicholas obteve com Odin, o rei dos deuses nórdicos.

 

Nível 1500: Consiste no usuário acessar o controle de energia de sua Brimir Force sem a necessidade de utilizar essa habilidade diretamente, usando disso para canalizar sua própria energia sagrada aeônica de uma forma que possa ser utilizada de diferentes formas, similar ao que ele faz com a habilidade de nível anterior, mas em algo mais focado em uma capacidade ofensiva de longa e média distância. Para começar, é importante ressaltar que a potência destas projeções de energia sagrada inicialmente são inferiores a sua força/potencial destrutivo atual em uma escala, mas alcançando uma potência igual no nível 1800. Importante ressaltar que o usuário é capaz de controlar a energia remotamente, mesmo após a projetar. É capaz de disparar isto de várias formas diferentes, sendo as seguintes:

 

  • Rajada: Consiste no usuário concentrar sua energia aeônica entre suas mãos, criando uma esfera de energia que é disparada na forma de uma rajada ou esfera assim que as palmas forem apontadas em uma determinada direção, avançando em uma velocidade três vezes mais rápida que a de combate e viagem do usuário naquele momento, se propagando em direção ao alvo, sem se dispersar, independente da distância entre ambos. 

 

  • Pés: Sim, o usuário consegue concentrar a energia sagrada em seus pés, o que pode ser utilizada para lhe impulsionar em um vôo que ocorre em uma velocidade quatro vezes maior que a sua de combate e viagem naquele momento, visto que é a velocidade que as rajadas se propagam. Além disso, também é capaz de utilizar isso simplesmente para liberar uma explosão de energia a partir de seus pés, que novamente, ocorre na proporção de velocidade citada acima, mas afetando somente uma área de até 50m de si.

 

  • Contínuo: Consiste em liberar pequenas esferas de energia sagrada a partir de suas mãos, as quais se propagam por uma distância equivalente a uma escala abaixo de sua força/potencial atual, mas com cada uma se propagando a uma velocidade cinco vezes maior que a sua própria velocidade de combate e viagem naquele momento.

 

  • Duplo: Claro, consiste no mero ato de liberar uma rajada de energia de cada mão sua simultaneamente, a qual se propaga por uma distância equivalente a uma escala abaixo de sua força/potencial atual, mas com cada uma se propagando a uma velocidade três vezes maior que a sua própria velocidade de combate e viagem naquele momento. 

 

  • Triplo: O triplo, obviamente consiste em liberar rajadas simultâneas, não só por suas mãos, mas de qualquer região de sua existência, gerando um ataque trilateral devido a isto. Se propagam por uma distância equivalente a uma escala abaixo de sua força/potencial atual, mas com cada uma se propagando a uma velocidade três vezes maior que a sua própria velocidade de combate e viagem naquele momento. 


 

Criocognição Conceitual

 

É a habilidade divina hereditária avançada que tanto a família Yannick quanto a Yanniskov mostraram maestria em utilizar, sendo, é claro, uma habilidade de congelamento absurdamente alta, congelando as coisas conceitualmente. Para Nicholas, esta habilidade lhe foi ensinada pelo General Supremo Yannick, seu meio-irmão mais velho, e também o maior dos usuários desta técnica.

 

Nível 1700: Para começar, o ponto mais básico desta habilidade permite com que o usuário seja capaz de congelar diretamente a própria rede energética essencial (responsável por transportar energia pela essência e existência) dos seres e coisas, assim como intimamente ligada ao funcionamento dos órgãos e habilidades. Em tese, não há defesa direta para este congelamento, uma vez que não se pode fazer treinamentos para tornar essa rede interna mais forte, mas uma vez que execute este congelamento, o fluxo energético do alvo ficará inutilizável, o tornando incapaz de utilizar qualquer poder, apesar deste congelamento de energia essencial só funcionar em seres de poder inferior ao utilizado no congelamento, o que não se aplica ao aspecto de congelar apenas parcialmente os canais de energia essencial para afetar os diferentes órgãos de um determinado ser, ou mesmo utilizando diretamente na existência dos seres, seja de forma mais específica ou total, podendo chegar ao nível de zero absoluto. O efeito dura por até vinte dias OFF, se mantendo mesmo que o usuário e o alvejado sejam mortos ou apagados da existência (neste último caso, válido apenas ao congelamento essencial). 

 

  • Congelamento Potencial: É a primeira veia adjacente desta técnica, pela qual  o usuário conseguirá congelar diretamente a ramificação de energia (em nível essencial) correspondente a uma habilidade em específico, tornando impossível que essa habilidade seja utilizada enquanto este congelamento essencial permanecer, assim como fazendo o efeito desta cessar, como se o usuário houvesse a desabilitado voluntariamente. Entretanto, é importante descrever o seu processo, não apenas o congelamento essencial restrito, que acaba por ser o seu resultado. Para que seja utilizada, é necessário que o usuário venha a analisar a corrente/fluxo energético que essa determinada habilidade causa quando utilizada, sendo que não há limites para a sua funcionalidade, onde é capaz de afetar até mesmo habilidades aeonicas, apesar de que o tempo para a análise completa pode variar com base na complexidade da habilidade, e uma vez que seja compreendida, poderá fazer o uso imediato contra aquele tipo de habilidade. O tempo de análise inexiste para gêneros de habilidades que o usuário possua em seu inventário (e que possa utilizar), que já tenha utilizado ou que possua. Em tese, não há defesa direta para este congelamento, uma vez que não se pode fazer treinamentos para tornar essa rede interna mais forte. Sobre o tempo de análise, é imediato para habilidades de efeitos até quase absolutos, de uma única rodada para habilidades de efeitos até absolutos, duas rodadas para habilidades de efeitos até super absolutos, três rodadas para habilidades de efeitos até quase onipotentes, e por fim, cinco rodadas para habilidades de efeitos até pseudo-onipotentes. Pode ser utilizada tanto em habilidades passivas, quanto em ativas. Seu efeito é extremamente duradouro, onde mesmo que o usuário e/ou o alvo venham a ser mortos ou apagados, seu efeito permanecerá, visto que é impregnado diretamente na essência do alvo, fora isso, os efeitos duram até vinte dias em OFF. 

 

  • Congelamento Mutacional: A segunda veia adjacente desta técnica, pela qual o usuário será capaz de congelar essencialmente não apenas uma habilidade, mas sim a energia oriunda de uma transformação realmente. Similar à primeira veia, uma vez que o congelamento seja efetuado, a transformação simplesmente cessará, como se o usuário houvesse a desabilitado voluntariamente, não podendo a utilizar enquanto o congelamento perdurar. Pode ser ainda mais demorado para usufruir desta habilidade efetivamente do que para congelar uma habilidade, mas uma vez que isto seja efetuado, não terá mais problemas. Para resumir, o tempo de análise necessário habilidade será medido com base na potência de ataque da forma mais forte que o usuário é capaz de ativar (sem “gatilho”) e a habilidade que possuir a maior escala (técnica) na transformação que tenha se tornado no alvo do usuário. Para começar, qualquer transformação pede ao menos três rodadas de análise, exceto se for uma que o usuário possua em seu inventário (e que possa utilizar, mesmo que com gatilho), que pertença a linha de uma forma mais potente que já tenha sido analisada, e claro, transformações já analisadas, visto que nestes casos o tempo de análise simplesmente não existirá. Mas continuando, o tempo de análise sobe em uma rodada para uma transformação que possua ao menos uma habilidade super absoluto, sobe em duas rodadas para uma transformação que possua ao menos uma habilidade quase onipotente, e claro, em três rodadas para uma transformação que possua ao menos uma habilidade pseudo-onipotente, sendo que o número de rodadas de análise adicionais não é acumulativo e que a análise não precisa ser consecutiva. Seu efeito é extremamente duradouro, onde mesmo que o usuário e/ou o alvo venham a ser mortos ou apagados, seu efeito permanecerá, visto que é impregnado diretamente na essência do alvo, fora isso, os efeitos duram até vinte dias em OFF. Em tese, não há defesa direta para este congelamento, uma vez que não se pode fazer treinamentos para tornar essa rede interna mais forte.

 

  • Fimbulvetr: Como dito pelo General Yannick, o epicentro da habilidade é o fato de que o usuário consegue até mesmo desenvolver a sua própria técnica exclusiva, e é disto que se trata o “Fimbulvetr”. É a técnica exclusiva de Nicholas, também nomeada por ele como “congelamento de fase”, a qual consiste em unir parcialmente alguns dos aspectos das técnicas criogênicas ensinadas pelo seu irmão, as aperfeiçoando e elevando a um nível de estabilidade ainda maior. Para começar, consiste em um congelamento conceitual no qual o usuário induz uma imutabilidade diante das coisas, itens, habilidades e seres afetados por tal habilidade, prendendo-os no momento em que estão naquele momento, onde nenhuma alteração poderá ser feita naquilo que foi congelado conceitualmente, seja uma alteração no plano material, espiritual, mental ou mesmo essencial. Isso faz com que as coisas fiquem presas no estado que estavam no momento do congelamento, tão estável que pode até simular os efeitos de uma “indução ao eterno”, permitindo que o tempo de duração das coisas aumentem ou simplesmente se torne indeterminado, perdurando mesmo que o usuário e o alvejado sejam apagados.

10 Transformações Terrenas

 

Durante o embate contra Sun Wukong nos eventos que envolveram a primeira aparição de King, Nicholas acabaria conseguindo aprender uma versão mebor da lendária técnica “72 Transformações Terrenas" que Sun Wukong possuía. Qualquer meio de replicar este poder é incapaz de o fazer, mesmo que absoluto.

 

Nível 1800: Essa habilidade ativa permite ao usuário causar transmutações existenciais em suas manifestações de poderes e em si mesmo, o que pode até mesmo ser confundido com uma metamorfose avançada, mesmo que não seja meramente isso, visto a capacidade ilógica de simplesmente transformar algo em outra coisa, por exemplo, transformar chamas em buraco negro e diferentes outras coisas aparentemente aleatórias. 

bottom of page