WhatsApp Image 2021-01-06 at 22.25.03.jp
00:00 / 04:05

TYLER D. KENNEDY

O GIGANTE

Tyler é um homem de pele clara, com dois metros e vinte de altura, cabelos negros e olhos azuis. Possuidor de uma personalidade normalmente retida passou por uma transformação que o fez passar a aproveitar melhor sua vida, conquanto, a seriedade não saí dele nos momentos necessários. Além disso, é do tipo de pessoa que guarda rancor, sendo assim sempre que é magoado ou ferido de qualquer forma trabalha para se tornar apto a retribuir o favor.

CARACTERISTICAS 

NOME COMPLETO: Tyler Devilicus Kennedy

DEUS: Nyarlathotep

ALTURA: 2,20 m

PESO: 180 kg

ORIENTAÇÃO SEXUAL: Bissexual

ESTADO CIVIL: Solteiro

NACIONALIDADE: Japonês

RAÇA: Semi-Eldritch

10 PRINCIPAIS TÍTULOS 

O Gigante 
O Draconato 

O Sacrifício
4° Assassino Cruel

 Desumano
6º Rpgista
7º Mestre de Dungeons And Dragons
8º Ex- DragonLord Híbrido

9º Ex- Elite Grega
10º 

HISTÓRIA 

Caroline Bouvier Kennedy, filha do ex-presidente dos estados unidos da América, foi sequestrada por cerca de 10 dias a cerca de 56 anos. Retirada de seu apartamento durante o funeral de seu pai, a mulher foi levada pelo orfanato "D." a qual usou de sua magia arcaica para forjar uma substituta para a mulher. A mesma foi encarcerada e submetida a diversos tipos de experimentos, até que então perdeu suas emoções e também sua capacidade de raciocinar, esse era o projeto 3.0 da instituição. Uma missão foi dada a mulher, que tinha passado de herdeira de uma das maiores famílias do E.U.A para uma simples escrava, ela deveria procriar com um ser divino e por isso então seu corpo havia passado por procedimentos, magia havia sido embutida em suas entranhas para que ela pudesse atrair tais seres. Oque os "D." não sabiam era sobre o sangue xamã que corria pelas veias da mulher, Jacqueline Kennedy Onassis a mãe de Caroline possuía traços indígenas em seu sangue pois a mesma era uma filha bastarda de sua mãe que teve a sorte de nascer branca, oque fez com seu pai não desconfiasse da traição da mãe, deste modo então Caroline já possuía em seu DNA certa ligação mágica e isso foi...oque levou ao erro mais brutal do orfanato "D.". Era uma noite de festa em New Orleans, os magos D. acreditavam que divindade grega Zeus iria surgir naquele local para aproveitar um pouco e com um pouco de sorte, seria atraído pela forte essência de sua escrava. Para que não houvesse suspeita de nada, os magos deixaram Caroline sozinha na festa e se afastaram por vários quilômetros para não serem detectados. Eles estavam tão confiantes devido seus dois sucessos anteriores que nem mesmo pensaram em verificar o corpo da mulher novamente, a mulher não estava atraindo apenas divindades. Naquela noite em New Orleans, o rei dragão havia decido a terra pois sentia a energia xamã da mulher, uma das energias que haviam convocado o mesmo a centenas de anos antes. O ser mitológico estava em uma forma mundana quando se aproximou da dama de cabelos castanhos, apenas para ser tomado pelo desejo sexual perpetuado pelo feitiço no corpo da mesma. Não houve prazer no ato que aconteceu depois, pelo menos não por parte da mulher em questão e o dragão, quando finalmente terminou e estava livre do feitiço...percebeu oque havia feito. Percebeu nos olhos da mulher a falta de sentimentos e a falta de raciocínio, mas acima de tudo percebeu que oque havia acabado de fazer era uma das maiores atrocidades cometidas..o ato de violar alguém contra sua vontade, mesmo que tal ser não reaja. Desolado e enojado com oque havia feito, o rei dragão assumiu sua verdadeira forma e então vôo para longe sem ao menos imaginar que havia acabado de "plantar uma semente". Após 2 dias sozinha e ainda completamente desnuda, suada e usada..Caroline foi achado pelos magos D., os quais devido a situação da mulher acharam que a mesma havia sido usada pelo deus Zeus e com isso o plano tinha dado certo. Sendo assim, caroline então foi presa e o feitiço que mantinha a imagem de que ela não tinha sumido foi prolongado. Meses e mais meses se passaram, não houve mudança na mulher com relação ao tratamento recebido e de vez em quando um mago entediado aparecia para "brincar com ela", mesmo que a mulher estivesse com uma criança em sua barriga. Assim que o garoto foi retirado da barriga da mulher, a mesma foi curada com magia e então devolvida para o clã Kennedy. A mãe nunca segurou a criança e o garoto nunca viu o rosto de sua mãe. Os anos se passaram e então a criança acabou sendo descartada pelo orfanato após não demonstrar nenhuma habilidade sobre-humana mesmo após milhares de treinamentos com Sif. Jogado em uma floresta para ser morto pelos animais, aleijado para não ter esperanças de sobreviver e abandonado feito um cachorro, o garoto até então não havia recebido um nome e sobreviveu apenas por ter sido encontrando por um dragão, que por ventura do destino ou magia de linhagem, era também seu pai. O Draconato, não revelou a criança que era seu pai mas cuidou dele como se fosse, o ensinando a magia Dragonslayer e também o dando o nome de Tyler, "aquele que protege" e "aquele que está protegido", pois mesmo sabendo que não podia ficar com ele ali no mundo mortal havia decidido que um dia iria o reconhecer e para isso, Tyler precisaria estar no mundo divino. Sendo assim, após o treinar até ter 10, o dragão partiu sem se despedir deixando o garoto para tomar suas próprias decisões e para uma vez na vida decidir oque era melhor para ele. Ademais, o garoto, que agora tinha quase 1,80 mesmo possuindo apenas 10 anos, decidiu que deveria ajudar sua irmã a sair do local de onde estava presa, isto é, ele voltou para o Orfanato D. e começou a trabalhar para eles no intuito de conseguir poder o suficiente para libertar Sif, a garota com qual ele havia crescido. Ao demonstrar suas novas capacidades os magos "D." reconheceram aquele tipo de magia e autoridade que ela carregava, pois era o mesmo que dizer que havia um dragão por trás das cortinas protegendo o garoto, sendo assim eles fizeram um acordo com Tyler de que se ele trabalhasse para eles por alguns anos eles iriam libertar Sif, o gigante não demorou a aceitar e também a ir embora dali, passando os quatro anos seguintes em missões ao redor do mundo que incluíam não apenas espionagem mas também assassinato, conquanto, antes que o prazo do trato fosse concluído, Tyler descobriu que Sif havia aberto caminho para si mesmo, matando todos os magos D. da sede no Japão e havia fugido para algum lugar, foi então perseguindo sua irmã que o Draconato chegou ao continente divino. Já em meio a semi-deuses a mente de Tyler rapidamente se adaptou e seu corpo já evoluído foi visto até mesmo ali como anormal, conquanto, foi com a ajuda de uma filha de Physis que o homem de orbes azulados se estabeleceu no acampamento grego. O aprimoramento chegou quando então poderes Angelicais foram despertados pelo homem e esses começaram a lentamente evoluir, uma relação de aprendizado começou com Oliver Crowley mas esse fato foi oque fez com que mais na frente Tyler acabasse por ser mal visto no acampamento. Dezenas de batalhas avassaladoras foram vistas pelo maior, ele até mesmo já havia se sacrificado para servir de escudo em uma dessas, mas a maior delas então veio para o Draconato quando em um espelho um traço sombrio de sua alma foi refletido e então seus sentimentos pelos gregos foram comidos pelos Caos Eslavo. Sendo assim, em uma batalha posterior onde o maior se viu entre Nórdicos e Gregos, a ausência de emoções para com os gregos o fez agir em prol de Oliver, para que sua vida não fosse tomada e sua integridade mantida, entrando assim em disputa com Drakkon e com isso sendo banido do acampamento grego pelas proteções de Grey Rhee, naquele momento, se algum sentimento estava nascendo, nos meses seguintes a última guerra com relação aos gregos...tudo morreu. Mas mesmo com tudo isso, ainda existia algo de bom na vida do maior e esse algo de bom era Claire Vermillion, sua esposa e também mãe de seus 5 filhos, conquanto, quase como uma pegadinha do destino, em um único só dia Tyler decidiu seguir o Cristão Sansão, Claire foi embora e todos os seus filhos...morreram subitamente, deixando uma marca na alma do gigante, um ferimento que o levou a agonia. Talvez tenha sido isso que o fez ficar tão ligado a religião, orando para Deus o iluminar e o ajudar a superar toda aquela dor e talvez seja por isso que a ruiva que surgiu para ele naquele instante o pareceu tanto com uma nova chance, com Kaila aprisionada por seu poder o gigante então ganhou o direito a três desejos e fez uso desses para então pedir seus filhos de volta e eles voltaram...mas nem todos, sendo assim, foi naquele dia que Tyler descobriu que apenas Lunnark, sua caçula, havia sumido e que seus irmãos...tiraram suas vidas por não quererem estar em um mundo onde ela não estava, nem todos morreram, a maioria na verdade, havia escolhido morrer e tomando essa escolha de novo, eles se ajoelharam, pedindo para que seu pai tirasse sua vida. Uma metamorfose começou, quando então os poderes do gigante reagiram a suas emoções, seus olhos ficaram negros, suas íris vermelhas e enquanto lágrimas de sangue escorriam por sua face, o homem usou de sua Excalibur para ceifar a vida de seus filhos, destruindo assim seu coração no processo. Os meses seguintes passaram rápido mas de forma nublada para Kennedy, ao seu lado Kaila ficou e com isso um sentimento aflorou, mas ele foi rejeitado por ela e sozinho o homem continuou, buscando em si mesmo a salvação, com a ajuda da fé e religiosidade ele passava horas a fio em meditação até que em um dia como qualquer outro, como se a dor dele a chamasse, novamente uma ruiva apareceu para o homem, mas ela era muito diferente de Kaila, pois os olhos em sangria do gigante não a assustaram, a interessaram, a dor que o mesmo tentava controlar não a assustou e dali então uma amizade nasceu, uma parceria que durou anos e que ajudou o maior a se recuperar, a se melhorar, mas que Tyler também tinha medo pois sabia que os sentimentos entre os dois haviam aflorado e ele, infelizmente, não se achava digno dela e em meio a decisão que ele tinha que tomar, novamente uma mudança começou nele, após uma conversa com a filha mais infame de Morte, um sonho onde ele era chamado se desenrolou e nele o homem ficou preso por quase uma semana, lutando e sendo ensinando pelo caos rastejante, o qual o tomou para si e quando seus olhos novamente se abriram, o caos já fazia parte dele e o antes seguidor de Sansão renegou a tudo isso, se tornando um Semi-Eldritch e por um tempo aproveitando aquilo, se redescobrindo, até que então..ele soube que havia algo que ele deveria fazer…

Melhores Amigos