top of page
Chadwick-Boseman.jpg

ERICK ALSON

       HABILIDADES DE TREINO       

Habilidades Passivas

 

 

 

Percepção do Construtor

 

Don Erick, através de seu treinamento com Hefesto, recebeu a incrível capacidade de intuitivamente analisar itens divinos ao ponto de saber suas composições, habilidades e até mesmo seus criadores.

 

Nível 1200: Ao ter acesso visual ou tátil a um item, todas as informações sobre aquele artefato são dissecadas e transportadas ao sistema nervoso do filho de Caos e absorvidas e interpretadas sem formas de impedir com que isso seja feito. Quando completo, Don Erick saberá todas as informações - ou seja, aquelas citadas na aba do item - que o item tiver, como velocidade cedida, potencial de ataque, criador do artefato, etc. Isso vale também para artefatos mostrados em ON e não se limita em níveis de poder.

Corpo Metálico Transcendente

 

Mediante os eventos da saga “Nova Ordem Mundial”, Don Erick Alson acabaria adquirindo um contato com o deus monoteísta Roog/Koox, o qual acabaria proporcionando suas graças ao homem.

 

Nível 1300: Para começar, o treinamento acabou fazendo com que todo o corpo de Erick tivesse sua composição alterada permanentemente, tendo toda sua matéria “comum” trocada por “ferro divino condensado” (metal prateado), incluindo não só sólidos, mas também o seu sangue. Com isso, seu usuário se torna naturalmente detentor de uma durabilidade ômega, não podendo ter sua matéria manipulada por poderes abaixo do super absoluto, assim como se torna capaz de potencializar a energia divina pagã (e poderes criados a partir dela, obviamente) canalizada através dele em um equivalente a um “+” em relação a potência possuída originalmente. O peso de Erick acabou sendo amplificado para o mesmo de uma lua devido a grande densidade desse metal divino. Entretanto, como dito pelo ser divino, em Erick está impregnado o potencial para ampliar ainda mais as capacidades deste poder, onde uma vez que alcance a meta preestabelecida, seu corpo terá a composição alterada para a de outro metal concedido por Koox, que como dito por ele, ocorre assim que a meta é alcançada, com o novo metal alterando toda a composição de Erick novamente, consumindo o metal anterior e assimilando suas características para si. Além disso, enquanto Erick tiver energia divina, seu corpo estará constantemente se reconstruindo, desde que reste uma única molécula de seu ser metálico. 

 

  • Primeiro Upgrade, Ouro de Quasar: Este metal dourado possui uma durabilidade de nível multi-galaxy+, sendo alcançado somente quando Erick tiver a “Transformação Epsilon” em seu inventário e os níveis necessários para a utilizar, fazendo com que o corpo do homem passe a ter o equivalente em peso a uma estrela anã, porém, também possui uma característica elevada, onde poderes e energias canalizadas por meio deste acabam recebendo o acréscimo de uma velocidade equivalente a até 50% SOL (partículas relativísticas).

 

  • Segundo Upgrade, Aço Supermassivo: Este metal escuro só é alcançado quando Erick tiver a chamada “Sétima Forma Cósmica” em seu inventário e os níveis para a utilizar, e claro, irá alterar o peso do corpo de Erick para o equivalente a múltiplos sistemas solares. É uma matéria exótica oriunda do interior dos buracos negros supermassivos, tendo uma durabilidade de nível multi-galaxy++++, além de possuir uma imunidade absoluta contra leis físicas e/ou do espaço e do tempo.

 

Obs: Como garantido por Roog/Koox, essa foi uma alteração permanente da existência de Erick, então mesmo que perca sua energia totalmente, sua matéria ainda não irá mudar, mantendo a natureza metálica de seu ser.


 

Habilidades Ativas

Aprendiz do Deus das Forjas

 

Hefesto era, além de muitos outros títulos, o deus das forjas, responsável por realizar a construção de muitos dos artefatos divinos de grande poder, como o grandioso Tridente de Poseidon ou a Carruagem Solar de Hélio, tendo total controle sobre a manufatura desses materiais, bem como sobre suas características. Tendo isso em vista, o treinamento de Don Erick com esta divindade o fez herdar tais habilidades.

 

Nível 1200: O filho de Caos, ao ter contato tátil com um item, fará com que um leque de oportunidades se abra à palma de sua mão. Causando uma breve desestabilização no funcionamento de tais itens, poderá modificar as capacidades de um artefato divino, aumentando ou diminuindo características como velocidade (Até 3 vezes), potências de ataque ou defesa (equivalente ao seu poder, com um “+”), habilidades disponíveis, etc. Até podendo suspender completamente tais características de itens quaisquer, assim como as enfraquecer. Terá um controle total sobre o que itens podem ou não fazer à sua mera vontade, dependendo apenas de sua imaginação e energia disponíveis, podendo manter tais características nos itens por até 14 dias em OFF, apesar de não poder, com essa habilidade, atribuir características novas a itens. E só pode aprimorar/enfraquecer itens até uma escala acima de seu poder base.

 

  • Criação de Item Divino: O filho de Caos pode, também com sua habilidade divina de transmutação de itens, transformar objetos outrora normais, como objetos simples ou até mesmo armas de origem não-divina, em artefatos divinos, por exemplo, além de poder embutir características próprias, intrínsecas aos seus poderes base, em itens pré-existentes. O semideus, nesse caso, vira um verdadeiro forjador de itens divinos. Tal criação de itens poderá agregar um de seus poderes base elevado ao absoluto, além, é claro, daquelas habilidades que decidirão conectar neles, essas no nível e potencial normal do filho de Caos. É óbvio porém válido lembrar, também, que também poderá modificar as habilidades presentes nos artefatos criados por si mesmo. O potencial dos itens é sempre uma escala abaixo do poder base de Erick.

 

Obs: Para cada item criado é necessário uma cena de no mínimo 200 palavras (item de pequeno porte), mínimo 300 para (item de médio porte) e 400 palavras (item de grande porte), concedendo até duas habilidades por meio disto, nada mais, independente de quantas linhas acrescente. Para ter um quase absoluto são necessárias mais 150 palavras, para um absoluto são necessárias mais 300 palavras. Quanto à velocidade concedida/possuída pelo artefato, são mais 200 palavras para cada 1000 mach em algum tipo de velocidade. Uma vez que conceda uma certa habilidade ao item, perderá seu próprio acesso a esta. E sim, uma cena por cada item. 


 

Transmutação Autômata

 

Hefesto, além de ser considerado o deus das forjas é também o deus da tecnologia, influenciando diretamente no avanço tecnológico das divindades gregas. Tendo isso em vista, o filho de Caos ganhou a capacidade de criar seres robóticos de aspecto divino e a influenciar em tecnologias com a mesma característica.

 

Nível 1300: Don Erick, a partir de uma transmutação tecnológica, consegue criar robôs autômatos divinos. Estas são criaturas robóticas divinas, criadas a partir de materiais diversos dos quais o filho de Caos tenha acesso, inclusive a partir do material de itens e artefatos divinos, adicionando suas capacidades a estes robôs e associando tais artefatos à existência deles. Além de poder criá-los apenas a partir de itens ou outros materiais, também é capaz de, ao derrotar e/ou subjugar um alvo, manipulando a tecnologia aprendida por Hefesto, infundir suas energias ao material que visa realizar a criação, fundindo tal material no peitoral do alvo, funcionando como um núcleo divino vital. A partir disso, o material tomará conta do corpo de tal ser, transformando-os nesses mesmos autômatos, ou seja, robôs que mantêm a energia divina e sinais vitais daquele que foi transformado, além de manter suas habilidades e memórias, porém sendo completamente controlados pelo filho de Caos. 

 

  • Aprimoramento Biotecnológico Divino: Com a sua manipulação sobre aspectos tecnológicos divinos, o filho de Caos aprendeu a unir itens e objetos divinos à sua própria estrutura biológica de forma existencial. Com isso, adquire a capacidade de, por exemplo, ao segurar uma Lâmina da Guerra, fundi-la ao seu organismo, apesar de que nada impede do item ser separado de seu corpo. Tendo isso em vista, pode atrelar até três itens à sua existência ao mesmo tempo. Obviamente seu corpo e existência se adaptam a possíveis modificações realizadas nos itens acoplados.

Senhor do Metal

 

Mediante os eventos da saga “Nova Ordem Mundial”, Don Erick Alson acabaria adquirindo um contato com o deus monoteísta Roog/Koox, o qual acabaria proporcionando suas graças ao homem.

 

Nível 1500: Para começar, essa habilidade age em proporção aos metais que Erick alcança por meio de sua passiva Corpo Metálico Transcendente, já que esse poder ativo consiste no ato de Erick conseguir gerar e manipular os metais que ele tem assimilado com sua composição naquele momento por meio do poder passivo supracitado. De toda forma, manipula e gera estes metais mediante seus pensamentos, na sua velocidade de percepção, sendo que a velocidade de ataque (propagação dos metais em um ataque direto) deste poder é de incríveis mach 5000. Entretanto, Erick não só é capaz de gerar e manipular tais metais, como também é capaz de os utilizar para a confecção de itens (capacidade concedida pelos seus demais poderes de treino).

bottom of page